quarta-feira, 18 de março de 2020

COOPERAÇÃO PARA O BEM

MEDITAÇÃO DIÁRIA

18 de março
COOPERAÇÃO PARA O BEM

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito. Romanos 8:28

Tanto quanto João 3:16, o verso para nossa reflexão hoje é um dos mais conhecidos e amados de toda a Bíblia. “Todas as coisas cooperam para o bem”, repetimos muitas vezes a pessoas que sofreram alguma perda. Mas de que maneira recebem essas palavras o pai e a mãe que perderam um filho jovem, assassinado por assaltantes, por causa de um tênis ou do smartphone? Ou que perderam a filha que, com seus ideais e sonhos da juventude, teve a vida ceifada por um motorista embriagado? Em momentos como esses, há o risco de que as palavras de Paulo soem como um clichê ou como conselho de um novo “amigo de Jó”.

Certamente, em Seus propósitos misteriosos, Deus pode nos conduzir pelos caminhos mais espinhosos rumo a experiências das quais nada sabemos, muito menos temos condições de imaginar, enquanto estamos no centro do furacão da dor. Entretanto, o apóstolo, ao escrever que “todas as coisas cooperam para o bem”, referia-se a um propósito divino mais amplo do que a aplicação que costumamos fazer. A promessa contida no verso é ainda melhor do que tentamos transmitir.

De acordo com John C. Brunt, em seu comentário de Romanos (Pacific Press, 1996), os manuscritos mais antigos e confiáveis do texto em consideração contêm a palavra “Deus” como sujeito da promessa. Por exemplo, a Nova Versão Internacional traz: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que O amam.” Não é difícil perceber a diferença que faz o nome “Deus”, estando no início do verso. Em todas as coisas, Ele trabalha para o bem daqueles que O amam, que aceitaram Seu convite para a salvação. Qual é esse bem? Nossa transformação à imagem de Cristo Jesus.

Os filhos de Deus não estão entregues à própria sorte, ao “azar” ou destino cego. Como disse Ray Pritchard, “Deus está pintando uma obra-prima em sua vida e, até que ela seja concluída, Ele usará todas as cores de Sua paleta. Se você não vir o resultado final aqui na Terra, o verá claramente no Céu” (O Poder Terapêutico do Perdão, p. 85). Ele operará em meio a toda situação que nos faça orar mais, buscar maior dependência e nos leve para mais perto Dele.

Seguramente, aqui, não teremos respostas para todos os nossos porquês. Não entenderemos muitas coisas que nos ocorrem. Mas isto sabemos: Deus está trabalhando em nós. Ele não nos esqueceu.

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Nova Chance

MEDITAÇÃO DIÁRIA 13 de agosto Nova Chance Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante. Isaías 42:3, NVI Talvez v...