terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Quem Busca Encontra

MEDITAÇÃO DIÁRIA
18 de fevereiro
QUEM BUSCA ENCONTRA

Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que Se torna galardoador dos que O buscam. Hebreus 11:6

Hoje seria o aniversário de minha mãe. Mulher simples, viveu pela fé e na esperança. Das lembranças mais remotas que tenho dela estão os momentos em que, em minha infância, a via lendo diariamente a Bíblia, antes de qualquer tarefa doméstica, orando ajoelhada longamente no fim da tarde em seu quarto ou realizando o culto infantil conosco imediatamente após o lanche da noite. Em minha adolescência, também não deixava de responder a meus poucos questionamentos bíblicos. Costumo dizer que ela foi minha primeira professora de Teologia Sistemática, enquanto meu pai foi o primeiro de Teologia Aplicada, ao me fazer acompanhá-lo desde cedo em suas tarefas missionárias.

As lembranças dos últimos dias de minha mãe não são muito diferentes. O apego à Palavra permaneceu o mesmo. Em um de nossos últimos encontros, admirei-me ao vê-la “mergulhada” nas Escrituras. Pensando nas limitações que já lhe eram impostas pelo mal de Alzheimer, perguntei-lhe sobre o que estava lendo e acerca de seu entendimento do texto. A resposta foi segura, e o entendimento ainda estava razoavelmente claro.

Algumas vezes, quando eu era criança, pude vê-la abatida, lutando com pequenas dificuldades na saúde, e ansiosa quanto a questões financeiras da família. No fim de um desses dias escuros, ouvi seus comentários sobre o brilho da esperança que trouxe paz e certeza a seu coração. Cansada, em meio a um rápido cochilo no início da tarde, pareceu-lhe ouvir alguém recitando Hebreus 11:6. Os problemas não foram resolvidos em um estalar de dedos, mas a certeza de que ninguém que busque a Deus impulsionado pela fé voltará de mãos vazias a fortaleceu e tranquilizou em sua jornada perseverante.

Pela fé, Enoque buscou a Deus e O encontrou. Andaram juntos, e o Senhor se agradou dele, recompensando-o com a trasladação. Em nossa caminhada com o Senhor, podemos receber os prêmios que Ele está disposto a nos dar diariamente. Nos vaivéns da vida, devemos buscá-Lo e ser premiados com Sua presença que a tudo satisfaz (Jr 29:13; Is 55:6; Pv 8:17).

A busca por Deus tem de ser intensa, diligente e constante, porque Ele é o Sol que nos aquece e ilumina, a esperança em meio ao desespero, enfim, a vida da nossa vida. Ao Se deixar encontrar, Ele traz Consigo todas as bênçãos de que necessitamos. Podemos receber hoje essa recompensa.

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Sobre As Águas

MEDITAÇÃO DIÁRIA 20 de setembro Sobre As Águas Respondendo-Lhe Pedro, disse: Se és Tu, Senhor, manda-me ir ter Contigo, por sobre as...