sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

O BOM PASTOR

MEDITAÇÃO DIÁRIA

31 de janeiro
O BOM PASTOR

Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas. João 10:11

Uma das mais belas figuras de Cristo nas Escrituras Sagradas é a que O retrata como pastor. Tanto quanto podemos captar dessa imagem, a primeira e mais óbvia lição da metáfora é que todos nós somos Suas ovelhas, incapazes e dependentes em todas as coisas.

Vivemos dias terrivelmente perigosos e incertos, mas temos a garantia de que há um pastor cuidando de nós. Jesus disse: “Eu sou o bom pastor.” Não se trata apenas de um simpático pastor. O adjetivo “bom”, do grego kalós, nos remete a um pastor extraordinário!

A primeira característica notável desse pastor é Seu conhecimento pessoal das ovelhas. Ele não nos observa como um grupo. Olha-nos individualmente, conhece nosso íntimo e vê o coração magoado precisando de alívio. Observa a ovelha que caiu na armadilha do predador e não consegue se desvencilhar. Vê o rosto apreensivo, o pai decepcionado, a esposa perplexa, o filho revoltado, a moça desiludida, o desempregado ansioso, o enfermo sem esperança. Acima de tudo, providencia livramento, pastos verdejantes, sombra e água tranquila com vistas à restauração de todos.

Quando Ele diz: “conheço as Minhas ovelhas” (v. 14), de fato, está dizendo: “Conheço-as completamente, mais do que possam imaginar. Sei dos seus temores, sonhos, alegrias e tristezas. Percebo o suspiro imperceptível, vejo a lágrima que desliza escondida, ouço o grito de angústia não extravasado.” Nada disso é notado com indiferença ou sentimento de impotência. Nosso pastor é tudo!

E as ovelhas O conhecem (v. 14). Acaso, nós O conhecemos? Sabemos identificar Sua voz? Nos tempos antigos, pastores 
costumavam levar seus rebanhos para pastar juntos. Em meio a tantas ovelhas e diferentes pastores, cada animal conhecia a voz de seu pastor. Caso um deles imitasse outro, a ovelha pressentia a existência de perigo e se assustava. Entre as muitas vozes existentes no mundo, devemos saber distinguir a voz do Bom Pastor. Aprendemos a identificá-la em comunhão com Ele, por meio da oração e do estudo de Sua Palavra.

Finalmente, o bom pastor dá a vida pelas ovelhas. Lembre-se: Ele morreu por pecadores como você e eu. Custamos a Ele grande preço – Sua vida, Seu sangue derramado. Por isso, somos Suas ovelhas. Pertencemos a Ele. É somente sob a consciência dessa bendita realidade que a vida com tudo o que a envolve, trabalho, estudo, relacionamentos, ideais, projetos e realizações, tem significado.

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Adoração – Salmos 117

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse  Leitura Bíblica – Salmos 117 Comentário: Pr.  Toth Armí Este é o menor dos salmos, com uma m...