quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

A Justiça de Deus

A Fé Pela Qual Eu Vivo
18 de dezembro
A Justiça de Deus

Quem Me rejeitar a Mim e não receber as Minhas palavras já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia. João 12:48.

Os ímpios recebem sua recompensa na Terra. (Prov. 11:31.) … Alguns são destruídos em um momento, enquanto outros sofrem muitos dias. Todos são punidos segundo as suas ações. Tendo sido os pecados dos justos transferidos para Satanás, ele tem de sofrer não somente pela sua própria rebelião, mas por todos os pecados que fez o povo de Deus cometer. Seu castigo deve ser muito maior do que o daqueles a quem enganou. Depois que perecerem os que pelos seus enganos caíram, deve ele ainda viver e sofrer. O Grande Conflito, pág. 672.

Nas chamas purificadoras os ímpios são finalmente destruídos. … A justiça de Deus é satisfeita, e os santos e toda a multidão de anjos dizem em alta voz: Amém. História da Redenção, pág. 429.

E uma aclamação de louvor e triunfo sobe de todo o Universo fiel. “A voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões”, é ouvida, dizendo: “Aleluia! pois já o Senhor, Deus todo-poderoso, reina.” Apoc. 19:6. …

O fogo que consome os ímpios, purifica a Terra. Todo vestígio de maldição é removido. Nenhum inferno a arder eternamente conservará perante os resgatados as terríveis consequências do pecado. …

O propósito original de Deus na criação da Terra cumpre-se, ao fazer-se ela a eterna morada dos remidos. “Os justos herdarão a Terra e habitarão nela para sempre.” Sal. 37:29. O Grande Conflito, págs. 673 e 674.

Enquanto a Terra está envolta nos fogos da vingança de Deus, os justos habitam em segurança na Santa Cidade. Sobre os que tiveram parte na primeira ressurreição, a segunda morte não tem poder. (Apoc. 20:6.) Ao mesmo tempo em que Deus é para os ímpios um fogo consumidor, é para o Seu povo tanto Sol como Escudo. (Sal. 84:11.) O Grande Conflito, pág. 673.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 358

Nenhum comentário:

GLAMOUR OU SACRIFÍCIO?

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 24 de outubro GLAMOUR OU SACRIFÍCIO? Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas. [...] Orem por nós. Hebreus 13:1...