Translate

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Um Lugar de Refúgio

A Fé Pela Qual Eu Vivo
27 de setembro
Um Lugar de Refúgio


Não vos esqueçais da hospitalidade, porque, por ela, alguns, não o sabendo, hospedaram anjos. Heb. 13:2.

Nossas simpatias devem transbordar para além de nossa personalidade e do círculo de nossa família. Há preciosas oportunidades para os que desejam fazer de seu lar uma bênção para outros. A Ciência do Bom Viver, pág. 354.

Achamo-nos em um mundo de pecado e tentação; por toda parte ao nosso redor, há almas perecendo sem Cristo, e Deus quer que trabalhemos por elas em toda maneira possível. Se tendes um lar aprazível, convidai para ele os jovens que não têm lar, os que se acham necessitados de auxílio, que anseiam simpatia e palavras bondosas, respeito e cortesia. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 574.

Nosso lar deve ser um refúgio para os jovens que sofrem tentações. Muitos há que se encontram na encruzilhada dos caminhos. Toda influência e impressão recebida determina a escolha do rumo de seu destino nesta vida e na por vir. O mal os atrai. Seus pontos de reunião são brilhantes e sedutores, e todos são aí muito bem recebidos. Em redor de nós há jovens sem família, ou cujos lares não exercem sobre eles uma força protetora nem enobrecedora, e eles se vêem arrastados para o mal. …

Esses jovens necessitam que se lhes estenda a mão da simpatia. … Se quiséssemos dar provas de algum interesse pela juventude, convidá-la a nossa casa, e cercá-la aí de influências alentadoras e proveitosas, muitos haveria que de boa vontade dirigiriam seus passos numa escala ascensional. A Ciência do Bom Viver, págs. 354 e 355.

Os momentos de oração impressionam os que recebem hospedagem e mesmo uma visita pode significar a salvação de uma alma da morte. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 574.

Que as visitas vejam que estamos procurando conformar-nos à vontade de Cristo. … A própria atmosfera de um lar verdadeiramente cristão é de paz e tranquilidade. Tal exemplo não será sem efeito. Mensagens aos Jovens, pág. 342.

Ao abrirdes a porta aos necessitados e sofredores de Cristo, estais acolhendo anjos invisíveis. Convidais a companhia de seres celestiais. Eles trazem uma sagrada atmosfera de alegria e paz. Vêm com louvores nos lábios, e uma nota correspondente se ouve no Céu. Todo ato de misericórdia promove música ali. O Desejado de Todas as Nações, pág. 639.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 276
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis