Translate

sexta-feira, 28 de junho de 2019

O Doador da Vida Vem

A Fé Pela Qual Eu Vivo
28 de junho
O Doador da Vida Vem


Morrendo o homem, porventura, tornará a viver? Todos os dias de meu combate esperaria, até que viesse a minha mudança. Jó 14:14.

O Doador da vida chamará a Sua adquirida possessão, quando da ressurreição primeira, e até aquela hora triunfante, quando há de soar a última trombeta e o vasto exército ressurgirá para a vitória eterna, todo santo que dorme será conservado em segurança, guardado como jóia preciosa, conhecido de Deus por nome. Pelo poder do Salvador que neles habitou quando vivos e por terem sido participantes da natureza divina, são ressurgidos dentre os mortos. Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 271.

Nossas mais agradáveis esperanças com freqüência malogram aqui. Nossos entes queridos se separam de nós pela morte. Cerramos-lhes os olhos, vestimo-los para a última morada, e são levados da nossa vista. Não estamos separados para sempre, mas encontraremos os nossos queridos que dormem em Jesus. Volverão de novo da terra do inimigo. O Doador da Vida vem. Milhares de santos anjos O escoltam no trajeto. Arrebenta as ataduras da morte, quebra os grilhões da tumba, e os preciosos cativos ressurgem em saúde e beleza imortal. The Youth’s Instructor, abril de 1928.

Nossa identidade pessoal se preserva na ressurreição, embora não seja a mesma partícula de matéria ou composição material que foi para a sepultura. …

Na ressurreição todo o homem terá seu próprio caráter. Deus, no devido tempo, conclamará os mortos, restituindo o fôlego da vida e ordenando aos ossos secos que vivam. SDA Bible Commentary, vol. 6, pág. 1.093.

Unir-se-á de novo a cadeia da família. Ao contemplarmos nossos mortos, podemos pensar na manhã em que a trombeta de Deus soará, e “os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados”. I Cor. 15:52. O Desejado de Todas as Nações, pág. 632.

Os últimos traços da maldição do pecado serão removidos, e os fiéis de Cristo aparecerão “na beleza do Senhor nosso Deus”, refletindo no espírito, alma e corpo, a imagem perfeita de seu Senhor. O Grande Conflito, pág. 645.

Estamos de tal maneira prontos que, se adormecermos, possamos fazê-lo na esperança de Jesus Cristo?

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 185
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis