Translate

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Vestes Reais

Refletindo a Cristo

Vestes Reais-10 de setembro 


Andarão de branco junto comigo, pois são dignas. Apoc. 3:4.

Levem os jovens a verem que no vestuário, assim como no regime alimentar, a maneira singela de viver é indispensável para que possamos pensar de maneira superior. Levem-nos a ver quanto há a aprender e fazer, quão preciosos são os dias da juventude como preparo para o trabalho da vida. Ajudem-nos a ver que tesouro há na Palavra de Deus, no livro da Natureza, e nas histórias das vidas nobres.

Dirija-se-lhes a mente aos sofrimentos que poderiam aliviar. Auxiliem-nos a ver que, em cada dólar dissipado para a ostentação, aquele que o despende se despoja de meios para alimentar os famintos, vestir os nus e consolar os tristes.

Não podem consentir que se frustrem as gloriosas oportunidades da vida, que se lhes amesquinhe o espírito, arruíne a saúde, e naufrague sua felicidade, tudo por amor da obediência a mandos que não têm fundamento na razão, nem no conforto ou na graça e elegância.

Ao mesmo tempo devem os jovens ser ensinados a reconhecer a lição da Natureza: “Tudo fez formoso no seu devido tempo.” Ecl. 3:11. No vestuário, bem como em todas as outras coisas, é nosso privilégio honrar a nosso Criador. Ele deseja que não somente seja nosso vestuário limpo e saudável, mas próprio e decoroso.

O caráter de uma pessoa é julgado pelo aspecto de seu vestuário. Um gosto apurado, um espírito cultivado, revelar-se-ão na escolha de ornamentos simples e apropriados. A simplicidade no vestir, aliada à modéstia das maneiras, muito farão no sentido de cercar uma jovem com aquela atmosfera de sagrada reserva que para ela será uma proteção contra os milhares de perigos.

Ensine-se às moças que a arte de vestir-se bem, inclui também a habilidade de fazer sua própria roupa. … Será um meio de utilidade e independência de que não pode prescindir. …

Ensinem-se os jovens e crianças a escolher para si aquela veste real tecida nos teares celestiais – o “linho… puro e resplandecente” (Apoc. 19:8), que todos os santos da Terra usarão. Tal veste – o próprio caráter imaculado de Cristo – é livremente oferecido a todo ser humano. Mas todos os que a recebem, a receberão e usarão aqui.

Ensine-se às crianças que, franqueando elas a mente a pensamentos puros e amoráveis, e praticando ações amáveis e auxiliadoras, estão se vestindo com Suas belas vestes de caráter. Este traje as tornará belas e amadas aqui, e depois será o seu direito de admissão ao palácio do Rei. Sua promessa é:

“Comigo andarão de branco, porquanto são dignas disso.” Apoc. 3:4. Educação, págs. 248 e 249.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986– Pág. 259

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis