Translate

terça-feira, 11 de setembro de 2018

II PEDRO 2 Comentário Pr Heber Toth Armí

II PEDRO 2 
Comentário Pr Heber Toth Armí

Após apresentar que “a vida cristã deve ser vivida no poder de Deus, não segundo este mundo mau” e, para isso, “à fé, os crentes devem acrescentar virtude, conhecimento, domínio próprio, perseverança, piedade, fraternidade e amor (1.5-7)” e depois de dizer que cristãos “não devem ser ineficientes e infrutíferos, cegos e míopes, esquecidos de que já foram purificados do pecado (1.8-9)” (Leon Morris), Pedro lida com o tema: Falsos mestres.

Os falsos mestres são crentes hereges, desviados da fé bíblica, que intentam influenciar crentes com a religião espúria, mediante doutrinas forâneas às Escrituras. Eles estão por toda parte, como estiveram em todas as épocas, tanto no Antigo quanto no Novo Testamento.

Peter H. Davids sintetiza assim o capítulo em pauta: Condenação aos falsos mestres:

1. Introdução aos falsos mestres (vs. 1-3);
2. Argumentos para a condenação dos falsos mestres (vs. 4-22).

O estudo criterioso do capítulo desafia-nos a tomar sérios cuidados com aqueles que ensinam preceitos e conceitos que não nos fazem crescer piedosamente, que não nos aproximam de Cristo, ou nos fazem negar os efeitos do plano de salvação.

A grande motivação destes adulteradores das doutrinas bíblica é a avidez por obter dinheiro, arrancando os recursos que Deus deu aos Seus filhinhos. Em outras palavras, os falsos mestres roubam bênçãos dos fieis utilizando palavras fingidas em histórias emocionantes. Eles blasfemam o caminho da verdade, pois muitos rejeitam o cristianismo verdadeiro por causa desses líderes espirituais fraudulentos.

Existem exemplos que ilustram os falsos mestres e o que está reservado no futuro para eles (vs. 4-22):

• Os anjos que se apostataram, e se tornaram demônios, serão condenados;
• Os habitantes nos dias de Noé que, por arrogância, não entraram na arca, foram destruídos;
• Os moradores de Sodoma e Gomorra foram consumidos pelo fogo pára exemplo ao que vivem impiedosamente;
• Deus livra os piedosos como Ló, mas não pode salvar os perversos. Portanto, os indisciplinados, que seguem os desejos carnais, que são insolentes e arrogantes, receberão retribuição pela injustiça que causaram;
• A Bíblia geralmente não é tão apreciada pelo fato dela condenar a vida injusta do leitor, e descrever o destino de quem se apostata da fé, como Balaão.

Cuide-se para não trilhar pelo caminho dos falsos mestres!

“Senhor, livra-nos dos hereges e apóstatas” – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis