quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Pessoas Boas- MD- Lucas 6:26

Meditação Diária-
Caminhando com Jesus Cristo
As Pessoas Boas e os Cristãos
George R.Knight

Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas. Lucas 6:26.

Muitos de nós achamos o texto de hoje complicado. Afinal, não deveriam os cristãos ser os melhores cidadãos, os vizinhos mais amigáveis e os colegas de trabalho mais prestativos? Por que Jesus pronuncia um “ai” em vez de uma bênção sobre aqueles a quem todos louvam?

Precisamos nos lembrar de que bem-aventurados não são aqueles que são perseguidos por serem bons ou por serem nobres ou altruístas. Esses traços são geralmente apreciados pela cultura pagã. Como D. Martin Lloyd-Jones coloca: “Você provavelmente não será perseguido por ser bom... [ou] nobre. O mundo... geralmente louva, admira e ama os bons e os nobres.”
Lloyd-Jones continua sugerindo que os bons e os nobres raramen­te são perseguidos, porque até os pagãos acham que essas pessoas são exatamente como eles mesmos. Não são os bons que são perseguidos, mas os justos, aqueles que estão vivendo a vida de Jesus como é apre­sentada nas Bem-aventuranças. A verdadeira justiça cristã faz com que a mera bondade e nobreza humanas tenham aparência egocêntrica e esfarrapada.

Uma coisa é ser bom; e outra bem diferente é ser humilde e man­so. Uma coisa é ter orgulho de nossas nobres realizações; mas outra bem diferente é ser humilde de espírito e ter fome e sede da justiça e bondade que unicamente Deus pode suprir.

Precisamos aceitar o fato. As Bem-aventuranças definem a linha de batalha entre os princípios do reino de Satanás e os do reino de Cristo. E cada conversão aos princípios de Cristo, é um ato no drama do grande conflito entre as forças do bem e do mal.

[...] “Quem manifestar, na conduta, o amor de Cristo e a beleza da santidade, subtrai a Satanás os seus súditos, e por isso o príncipe das trevas contra ele se levanta. Opróbrio e perseguições atingirão a todos os que estão cheios do Espírito de Cristo.” - O Maior Discurso de Cristo, pág. 29. Portanto, precisamos avaliar bem a nossa situação quando “todos” nos “louvam”.
(Texto de George R.Knight)
Outras publicações: http://www.cpb.com.br/

Em um mundo de transformações constantes,caminhe com Jesus Cristo e seja grato porque Ele é hoje como sempre foi e podemos ter certeza de que não mudará no futuro.. “Porque eu sou o Senhor e não mudo”; Malaquias 3:6)

Nenhum comentário:

Por Que Moisés Nunca Reclamou?

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 29 De Julho, Quinta Por Que Moisés Nunca Reclamou? O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços ...