Translate

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Hebreus 1 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  

Leitura Bíblica- Hebreus 1
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

O Deus que ama não é indiferente. Não fica distante esperando alguém errar para, então, fulminar. O Deus que ama se comunica pois quer relacionar-se. O Deus da Bíblia falou, fala e ainda falará. Você já O ouviu?

Ele falou por Sua Palavra, antigamente, por meio dos pais e dos profetas. Agora, nos fala através de Jesus (vs. 1-2). E, aos que querem saber Quem realmente é Jesus, devem ler o livro de Hebreus. Quem conhece a Jesus conhece a Deus, porque Jesus é a expressão máxima do Seu ser.

E, Quem de fato, foi/é Jesus? Veja a resposta nos versículos 2-3, em sete pontos. JESUS É...

1. O herdeiro/dono/ proprietário de todas as coisas;

2. O poderoso e supremo Criador do Universo. Deus Pai fez o mundo, mas, por meio de Jesus;

3. O resplendor da glória de Deus. Jesus não é o reflexo de Deus, Ele é a expressão exata da glória de Deus;

4. A representação exata de Deus na Terra. Ele é exegese de Deus, não eisegese. Tal Pai, tal Filho;

5. O sustentador de todas as coisas pela palavra de Seu poder. Ele não é semi-deus ou deus de segunda classe; Ele tem todo poder, é o todo-poderoso até nas palavras;

6. O que fez a purificação dos pecados da humanidade. Sem Ele não haveria nenhuma esperança, só miséria do pecado;

7. O que assentou-se à direita da Majestade nas alturas. Ele morreu, mas ressuscitou; subiu ao Céu e, agora rege o Universo inteiro.

Jesus é superior aos maiores homens (até profetas) que o mundo já teve. Ele é tão divino quanto o Pai. Inclusive, em relação aos anjos, Jesus é superior. Ele só não é superior a Deus Pai, nem inferior.

Em relação aos anjos, por mais poderosos e importantes, em nenhum lugar a Bíblia orienta-nos a adorá-los; pelo contrário, por serem eles criaturas, adoram a Cristo (v. 6).

Se até anjos reconhecem que Jesus é Senhor e O adoram, devemos, no mínimo, fazer o mesmo. Os anjos servem ao Senhor e também os que herdarão a salvação. Anjos são servidores, Jesus é Senhor!

Jesus está no trono, Ele reinará eternamente. Aleluia!

Reconheçamos a importância dos anjos e adore a Jesus! Reavivemos nossa fé em Jesus!
Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos do Antigo e Novo Testamento você encontra em:


Hebreus1 Comentários de Felix H. Cortez

Reavivados por Sua Palavra


Leitura Bíblica   Hebreus  1
Comentários  de  Felix H. Cortez

O livro de Hebreus me faz lembrar o tempo em que eu namorava a bela garota que viria a ser minha esposa. Por dois anos morávamos longe um do outro. As chamadas telefônicas, apesar de caras, eram muito preciosas para nós (Internet e e-mail ainda não estavam disponíveis). Assim, sempre que eu recebia a notícia de que Alma estava ao telefone, eu descia correndo as escadas desde o terceiro andar de onde eu morava para ter certeza de que não perderia a ligação telefônica.

Esse é, de fato, o ponto principal que Hebreus enfatiza: “… nestes últimos dias [Deus] falou-nos por meio do Filho” (Hb 1:2 NVI)! Quão maravilhoso deve ter sido para os israelitas fiéis ouvirem essa notícia. A última vez que Deus havia falado com eles tinha sido vários séculos antes através de Malaquias.

A mensagem de Deus é importante por duas razões: pelo Mensageiro e pela mensagem em si. Os versos 3-4 focam no Filho, o mensageiro. Há aqui sete afirmações sobre Ele. Algumas se referem a Suas realizações impressionantes (criação, sustentação do mundo, etc.), mas outras se referem ao fato surpreendente de que o Filho é UM com Deus. Essa unidade é essencial, pois só aquele que é Deus poderia explicar as coisas que estão no fundo do coração de Deus.

Os versos 5-14 tem foco na mensagem. O autor informa que “nestes últimos dias” Deus cumpriu suas promessas de estabelecer o seu reino por entronizar Jesus em sua “mão direita” (vs. 8, 13; cf 2Sm 7:13; Dn 2:28; Hb 10:12). Os versos 5-14 referem-se também à entronização de Jesus sobre os anjos. Os versos 5-7 declaram que Jesus é o Filho real, em cumprimento à aliança davídica (2Sm 7:14) e os anjos são servos que rendem adoração e obediência ao Filho. Os versos 8-12 mencionam que o Filho que criou o mundo, possui o trono e o cetro de Deus e é eterno. Finalmente, os versos 13-14 afirmam que o filho senta-se à “direita” de Deus e os anjos são “enviados” para servir aos Seus propósitos.

É profundamente comovente pensar que Deus utilizaria o próprio Filho para falar a nós e nos convidar a voltar para Ele. Se Ele não poupou nenhum esforço e custo para enviar-nos Sua mensagem, nada mais justo do que recebermos a Sua mensagem com gratidão e alegria.

Felix H. Cortez
Universidade Andrews
Estados Unidos

domingo, 24 de maio de 2015

Filemom 1 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  
 Leitura Bíblica- Filemom 1

Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Ainda adolescente, anotei estas perguntas à margem de minha Bíblia na página deste minúsculo livro bíblico:
• Por que a carta a Filemom foi canonizada?
• Qual sua relevância à humanidade na atualidade?
• Qual sua contribuição aos outros 65 livros da Bíblia?

Com amadurecimento bíblico percebi que tem verdades que encontradas nesta pequenina carta que não se encontra com a mesma vivacidade nos outros 1189 capítulos.

Chamada de recado ou bilhete estas 335 palavras ensinam-nos que o evangelho exerce poder em nossa rotina da vida, fora da igreja. Ser cristão na igreja é fácil, mas fora dela, principalmente no trabalho e em casa, é difícil.

• Filemom era um proprietário de escravos, dono de terras, portanto, um homem rico; o qual aceitou o evangelho proclamado por Paulo.

• Onésimo era um escravo fugitivo de Filemom, preso pelos romanos, que se encontrou com Paulo na prisão e o evangelizou; ele aceitou a Cristo em sua vida como fizera Filemom.

• Paulo escreve a Filemom para relatar o encontro com seu escravo, sua conversão e então, rogar, em nome do amor, o perdão e aceitação do escravo (o qual deveria morrer, segundo as leis romanas), como um irmão, membro da família de Deus.

Ocupando-se de um incidente doméstico, a cartinha revela que o evangelho afeta a vida por inteira, e, destaca a importância do cristianismo na resolução dos problemas sociais e relacionais.

O pecado afasta pessoas, o evangelho aproxima. O pecado promove desigualdade, o evangelho causa a igualdade. O perdão restaura relacionamentos.

Além disso, sintetizamos mais algumas preciosíssimas aplicações à vida:

1. Paulo é exemplo máximo de um perseguidor sanguinário que converteu-se e tornou-se cristão movido pelo amor do Senhor. Esse amor é mais nítido nesta sua carta do que em qualquer outra. O cristão convertido ama, lida com sabedoria com os problemas, aborda as pessoas com tato e bondade; objetivos são alcançados não pela autoridade, mas pela eloquência do amor (vs. 1-14).

2. Deus opera em toda e qualquer situação, Ele tem poder de transformar um escravo inútil em um irmão útil, Ele providência tudo para restaurar quem quer que seja (v. 15).

3. O evangelho transforma vidas, resolve problemas, liberta da culpa, alcança famílias, escravos e patrões, oferece perdão e promove reconciliações.

Busquemos esse evangelho. Este é verdadeiro!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos do Antigo e Novo Testamento você encontra em:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis