Translate

sexta-feira, 24 de março de 2017

SALMO 144 – Comentário Pr Heber Toth Armí

SALMO 144 –
Comentário Pr Heber Toth Armí

A religião verdadeira não é destituída de sentimentos, pelo contrário, quem experimenta o poder de Deus ao libertar do pecado e salvar de suas terríveis consequências, enche o coração de alegria; e, então, exulta em louvor e adoração a Deus, que é o primeiro e soberano Senhor de sua vida.

Davi revela inúmeras razões importantes para exultar-se diante de Deus e exaltar Seu poder (vs. 1-2); além disso, ele sabe que Deus não ignora ou zomba da fraqueza humana, mas em Sua grandeza atende a cada pecador em sua insignificância (vs. 3-4).

Conhecendo a Deus e sabendo de Sua atuação poderosa em prol daqueles que buscam auxílio nEle, Davi ousa pedir por livramento do poder de pessoas que usam a força da língua para destruir, enganar e perverter a verdade (vs. 5-8). Por conta disto, Davi promete entoar um novo cântico, agora de alegria e gratidão, pelas bênçãos imerecidas, recebidas de Deus (vs. 9-15).

Como Davi, “temos motivos de sobra para alimentar espírito de fervor e devoção na adoração a Deus. Temos até motivos para ser mais ponderados e reverentes em nosso culto do que os judeus. Mas um inimigo tem estado a trabalhar, a fim de destruir nossa fé na santidade da adoração cristã” (Ellen G. White).

Precisamos ficar atentos, pois NÃO PODEMOS...

1. ...ignorar que Deus nos dá destrezas para alcançar vitórias em coisas corriqueiras e/ou rotineiras da vida.
2. ...exaltar nossos feitos ou habilidades; devemos, porém, reconhecer que tudo o que conquistamos é graças à misericórdia divina.
3. ...negligenciar a oração, pois tal atitude seria presunção diante do Deus que atende nossa súplica por libertação.
4. ...relaxar em nosso fervor ao render louvores ao Senhor que abençoa nossa vida e família em meio a este mundo em conflito.

Não permitamos que o inimigo impeça-nos de cantar hinos de alegria, com entusiasmo e exultação Àquele que nos ofertou gratuitamente a salvação através de Seu Filho, que tornou-Se Filho do homem para tornar-nos filhos de Deus.

Felizes são aqueles que colocam a Deus em primeiro lugar. Estes são reavivados diariamente pelo poder que liberta de qualquer situação, inclusive da opressão imposta pelo diabo, o maior dos nossos inimigos, que tem seus agentes demoníacos tentando nos atingir!

Coloquemos Deus em primeiro lugar! – Heber Toth Armi #ebiblico #rpsp #rbhw

quinta-feira, 23 de março de 2017

SALMO 143 Comentários Pr Heber Toth Armí

SALMO 143
Comentários Pr Heber Toth Armí

Ei! Como você está? Desanimado? Teu coração está desfalecido? As coisas não estão indo bem para você? Pare um pouco e medite profundamente neste salmo.

Davi mantinha relacionamento com Deus (vs. 1-2), contudo, as coisas não estavam indo muito bem para ele – pior seria se ele estivesse distante de Deus (vs. 3-4).

Davi confiava em Deus (vs. 5-6), todavia, sua oração revela angústia e urgência (v. 7). Nada desafiava sua confiança em Deus (v. 8), por isso, ele retorna o assunto apresentando a Deus o perigo que enfrentava (vs. 9-10). Consequentemente, ele encerra suas preces pedindo pelo amor e pela misericórdia divina para que, ao agir, Deus o reavivasse (vs. 11-12).

1. Nossas aflições não devem desmotivar as nossas orações; ao contrário, elas devem nos aproximar ainda mais de Deus por meio desse sistema de comunicação: A oração.
2. Se estamos esmorecendo, se as circunstâncias desfalecem nosso alma, e os problemas nos tiram o ar, podemos nos reavivar na graça, bondade, misericórdia e amor de Deus.
3. Se a vida está complexa, as dificuldades que nos assolam são avassaladoras, e não vemos mais saída, precisamos recorrer a Deus incessantemente suplicando por ajuda.

“A situação aparentemente sem esperança na qual se encontrava o salmista perturbava seu coração. Um sentimento terrível de solidão se apossou de sua alma”; porém “ao relembrar as primeiras manifestações do poder de Deus, seu coração foi encorajado na esperança de que o Senhor responderia sua oração mais uma vez. Ele se encorajou a continuar seu pedido” (Comentário Bíblico Adventista).

Precisamos...

• Relembrar;
• Meditar;
• Confiar;
• Esperar.

Não temos nenhum mérito para recomendarmo-nos a Deus; não temos direito nem de estarmos vivos. Mas, graças ao que Cristo fez no Calvário tornando-Se o caminho para nós de acesso ao Pai, temos o privilégio de buscar refrigério em Sua presença, mediante o Espírito Santo - nosso Consolador!

“A súplica perseverante deve ser um estilo de vida, tão importante e necessário quanto a nossa respiração, o pão que comemos, a água que bebemos, a roupa que vestimos, e assim fazendo parte de nosso caráter; pois, somente seremos felizes, e teremos paz, na presença do Senhor” (Olmir A. Tochetto).

Quanto mais precisarmos de livramento, mais carecemos da misericórdia divina em nossa vida! Oremos até reavivar-nos! - Heber Toth Armí #ebiblico #rbhw #rpsp

quarta-feira, 22 de março de 2017

SALMO 142 Comentário Pr Heber Toth Armí

SALMO 142
Comentário Pr Heber Toth Armí

Se tem alguém na história e no mundo que sofreu e ainda é alvo de bulling é o crente. Aquele que crê em Deus e confia em Sua graça e vive a piedade prática, está sempre lidando com pessoas que o estão perseguindo, desprezando e humilhando.

O Salmo em apreço aponta-nos os seguintes princípios de vida:

• A comunhão com Deus é a oração que resulta em certeza diante do clamor de um coração aflito (v. 1);
• O melhor lugar para desabafar, derramar nossas queixas e expor nossas tribulações é na presença do Deus que nos oferece esperança (v. 2);
• A melhor pessoa para conhecer nossas fraquezas, nossos defeitos e falhas e, o que vai em nosso íntimo, é Deus – sem nos condenar ou rotular (v. 3);
• Desolado, desprezado, desvalorizado e desrespeitado, quem sofre bulling deve refugiar-se, não na solidão, na introversão ou na depressão, mas no Senhor Deus (v. 4);
• Onde os fracos não têm vez nem voz, o melhor a fazer não é lutar pelos seus próprios direitos, mas clamar a Deus: “Tu és o meu refúgio; és tudo o que tenho na terra dos viventes” (v. 5);
• Onde arrogantes e fortes pensam dominar, os abatidos, humildes e perseguidos devem pedir a atenção do Deus que preza por nossas orações (v. 6);
• Aqueles que anseiam por libertação estão procurando obter uma experiência miraculosa para, então, proclamar, louvar e adorar ao Deus que ama aos humildes e justos (v. 7).

“Cárcere” neste salmo é um “termo figurado que se refere aos problemas e a condições desesperadoras da vida, causadas por inimizade, perseguição e isolamento” (Bíblia Andrews). Que cristão nunca esteve num cárcere assim? Até Davi esteve... Jesus também!

Nota-se que, “mesmo em uma situação de desespero e depressão, Davi sabe que está nas mãos de Deus. Essa consciência lhe dá coragem renovada para confiar no Senhor, o único refúgio em sua vida” (Bíblia Andrews).

Quem sofre bulling deve,

1. ...Saber que Deus está esperando nossas orações;
2. ...Crer que Deus conhece cada uma de nossas condições;
3. ...Confiar que Deus acode-nos em todas as nossas necessidades;
4. ...Fazer do Senhor o único refúgio de sua vida – em todas as ocasiões.

Precisamos clamar pela misericórdia divina para que tenhamos paz nas tribulações! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #ebiblico #rbhw #rpsp

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis