domingo, 30 de outubro de 2011

Maravilhoso Jesus João 17:22,23


Para que sejam um

Dei-lhes a glória que me deste, para que eles sejam um, assim como nós somos um: Eu neles e Tu em mim. Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que Tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste. João 17:22, 23, NVI.

Que harmonia abençoada caracteriza o Trio Celestial! Apesar de Pai, Filho e Espírito Santo serem personalidades distintas, eles são um em propósito, em caráter. Eles trabalham juntos em amor em benefício da salvação do mundo.

Jesus orou para que semelhante unidade existisse entre Seus seguidores. "Que eles sejam um, assim como nós somos um" – pense em quão elevado é o Seu ideal para nós.

Tal unidade não significa uma fusão de mentes que anula a individualidade. Deus ama o que é único: Ele cria cada floco de neve diferente do outro; não existem duas folhas exatamente iguais. Olhe para a profusão de cores com as quais Ele pinta as paisagens outonais – ouro e vermelho e amarelo e castanho-avermelhado, com pinceladas de verde claro. E em Sua Igreja Ele não se surpreende com as diferenças – até mesmo deseja que existam.

Ao fazermos uma pesquisa ao longo da história cristã, temos de concluir que essa parte da oração intercessória de Jesus em João 17 ficou muito aquém de sua realização. Especialmente no passado, líderes religiosos procuraram conduzir o pensamento da humanidade para se conformar às suas idéias. Eles ergueram fogueiras e forcas para esmagar os dissidentes. Eles travaram guerras para importem suas idéias. Eles emitiram decretos e não admitiam discordâncias.

Em nossos tempos a tendência oposta, não menos destrutiva em relação ao plano divino, é mais prevalente. Nós, no Ocidente, nos tornamos vítimas do hiper-individualismo que não valoriza a nossa identidade corporativa como cristãos. Precisamos urgentemente recuperar o significado do corpo de Cristo.

Olhe para o mundo cristão – tantas denominações diferentes afirmando serem pastores do Mestre; até mesmo dentro de uma mesma igreja tantas vozes divergentes clamando pelo direito de liderar. Cristãos que deveriam estar lutando contra o mundo e contra o diabo gastam tempo e energia lutando entre si, em meio a suspeitas e xingamentos.

Um, assim como Jesus e o Pai são um. Ainda não presenciamos essa realidade. Mas obtemos pequenos vislumbres. Experimentamos, pelo menos em parte, a harmonia dos céus quando cuidamos uns dos outros e adoramos a Deus juntos.

Sabemos, entretanto, que um dia a oração de Jesus alcançará seu cumprimento total. Quando, finalmente, Deus nos livrar da mesquinhez e da estreiteza de nós mesmos estaremos plenamente unidos com Jesus. Seremos um com Ele e um com os outros.

ORAÇÃO

Santo Espírito, realiza o desejo de Jesus em minha vida, faz de mim um promotor da unidade, da gentileza e da boa-vontade entre as pessoas.

Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...