sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Maravilhoso Jesus- Mateus 1:23


Emanuel



“A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamarão Emanuel”, que significa “Deus conosco”. Mateus 1:23 NVI

Quando a vida me oprime e seu fardo parece quase impossível, lembro-me de Emanuel – Deus conosco. Quando preciso passar por águas profundas, quando a tristeza e o desapontamento parecem que vão me engolir penso em Emanuel – Deus conosco.

Deus não providenciou a salvação para nós, transportando-nos para longe deste mundo atormentado pelo pecado. Não – Ele trouxe a salvação vindo Ele próprio morar entre nós. Deus assumiu a natureza humana! Ele calçou nossos sapatos, sentiu nossas dores, sofreu conosco, se entristeceu conosco.

Deus também não nos colocou hoje num casulo protetor. Sim, os princípios da vida Cristã, quando fielmente praticados, nos livram de muitos flagelos que a vida desregrada traz. Além disso, ocasionalmente, Deus intervém miraculosamente para livrar o Seu povo do mal. Mas normalmente Ele não o faz: o Cristão recebe a sua cota de sofrimentos, de tristezas e até de tragédias.

Mas existe uma diferença. Em todo o nosso sofrimento, Deus está conosco. Em toda a nossa tristeza, temos Emanuel – Deus conosco. Até mesmo quando a tragédia cai sobre nós, temos a certeza da Sua presença. Ele promete: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei” (Hebreus 13:5). E ainda: “Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão” (Isaías 43:2).

Uma idosa irmã da igreja me escreveu por vários anos. Ela havia tido uma vida difícil – perdera o marido e depois três filhos. Agora ela vivia solitária, frágil e doente, com praticamente nenhum amigo no mundo. Para complicar a situação sua filha estava de cama à morte. Essa irmã achava que não conseguiria suportar tal tristeza; orava a Deus para morrer antes da filha.

Ela não merecia. Mas Deus fez algo melhor: Ele a susteve através da mais severa provação de sua vida. Quando ela foi ao funeral da filha, foi como se Uma presença a tivesse encontrado na porta, tomado pela mão, fortalecido para andar até o caixão e falar palavras de conforto. Nos dias e meses que se seguiram, embora ela sentisse a dor pela perda da filha, nenhuma vez a Presença a abandonou.

Querido amigo, não importa o que possa lhe acontecer hoje, lembre-se de Emanuel – Deus com você!


ORAÇÃO

Deus querido. Ao andar por este mundo perigoso é tão bom saber que não estou sozinho, que Sua presença me acompanha e me fortalece. Muito obrigado! Em nome de Jesus. Amém.

Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...