sexta-feira, 3 de maio de 2024

Deus vê você

 Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
3 de maio

Deus vê você

Então Agar deu ao Senhor, que havia falado com ela, o nome de “Tu és o Deus que vê.” Porque ela dizia: “Neste lugar eu olhei para Aquele que me vê!” Gênesis 16:13

Nicole Johnson relata uma história realmente inspiradora. Havia uma mãe (vamos chamá-la de Marta) que sentia como se ela fosse invisível para a maioria dos membros da família. O que ela fazia não era notado, seus filhos a ignoravam, e seu marido a abandonava quando iam juntos a um evento.

Um dia, ela foi a uma reunião com as amigas. Ali estava Anne (nome fictício), uma de suas amigas mais próximas, recém-chegada de Paris, que se pôs a falar de quão fantástica havia sido sua viagem, da romântica caminhada pelas ruas às margens do rio Sena e do glamour das lojas de grife. Em dado momento, Anne se aproximou de Marta e lhe deu de presente um livro sobre catedrais. Na dedicatória, lembrou que, embora alguns não notassem, sua amiga Marta estava construindo algo tão transcendente como aquelas catedrais. Com lágrimas nos olhos, Marta admirava cada muro, cada arcobotante, cada pequeno detalhe. Em uma das notas do livro, ela encontrou as palavras de uma artista que fizera uma escultura de pouca visibilidade. Ao lhe perguntarem a razão de trabalhar com tanto afinco, embora quase ninguém fosse ver sua obra, ele respondeu: “Mas Deus vê.” Essas palavras entraram no mais profundo do coração de Marta, e ela passou a ter certeza de que não era invisível: Deus a observava.

Você tem se sentido invisível? Já achou que tudo o que fazia pelos outros não era apreciado? Eu mesmo, em algumas situações, já pensei assim, e reconheço que tem sido um grande consolo saber que Deus me observa. Algo semelhante aconteceu com Agar. Ela estava sem recursos e indefesa em um espaço desolado. Não havia quem a amparasse nem quem cuidasse dela. Ninguém olhava para ela, e – coisas do Céu – Agar viu a Deus. Ver a Deus muda tudo porque sentimos que Sua presença é real e que Suas promessas se cumprirão. Também não deveríamos perder Deus de vista; não me parece justo. Ele faz tanto por nós que, no mínimo, deveríamos estar sempre conscientes de como Ele age em nossa vida. Nada do que fazemos como sendo para Ele é em vão.

Deus vê você. Você O vê? Tomara que sim. Senão, peça ao Senhor agora mesmo que ajude você a nunca, jamais, tirar os olhos Dele.

•••

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...