sábado, 27 de abril de 2024

A voz dos silenciados

 Devocional Diário

A voz dos silenciados

Abra a boca a favor do mudo, pelo direito de todos os desamparados. Provérbios 31:8

Cansados após um longo dia de marcha e discursos inflamados para uma multidão de 200 mil pessoas, alguns começaram a deixar o local do evento. Martin era o último dos dez oradores e poderia ter sido apenas um a mais. Os que falaram antes tinham se destacado por mensagens muito diretas e realistas. Martin começou do mesmo jeito, mas logo viu que não estava funcionando. Foi quando uma cantora, Mahalia Jackson, fez com que ele entendesse a situação: “Fale sobre o sonho, Martin.” E Martin Luther King Jr. pronunciou um dos discursos mais relevantes da história. Só algumas palavras para o trazer à memória: “Eu tenho um sonho: que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença. Nós celebraremos estas verdades e elas serão claras para todos, que os homens são criados iguais. Eu tenho um sonho: que um dia nas colinas vermelhas da Geórgia os filhos dos descendentes de escravos e os filhos dos descendentes dos donos de escravos poderão se sentar junto à mesa da fraternidade.” Nesse dia, Martin foi a voz dos que não têm voz. E mais: ele sonhou pelos que não têm sonhos.

Somos chamados para ser a voz dos marginalizados, dos desamparados, dos que não podem se expressar, dos que sofrem injustiças. Nossa voz deve não somente reivindicar melhores condições de vida como também propor soluções que gerem esperança. Ser cristãos faz com que contemplemos a nova Terra, mas não esperemos o momento da segunda vinda para que, só então, tudo se transforme. Isso não significa, porém, que devamos ser militantes de qualquer ideologia, pois só Cristo poderá resolver definitivamente os problemas da humanidade. Enquanto Ele não vem, devemos fazer nossa parte em ajudar o próximo.

A maioria de nós não tem mais influência do que sobre as pessoas mais próximas. Mesmo assim, ofereça esperança a elas. Lembre-se de que o maior impacto que a história já sentiu começou em uma casa humilde, com um casal e um bebê.

Faça a diferença na vida das pessoas. Sonhe, chore e se alegre com elas. Acima de tudo, ore com elas e por elas. A melhor maneira de transformar o mundo é por meio do evangelho genuíno, o qual restaura vidas.

Vislumbres da eternidade
26 de abril
https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-voz-dos-silenciados/
•••

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...