terça-feira, 13 de fevereiro de 2024

Jeremias 16 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jeremias 16
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JEREMIAS 16 – O profeta trata de advertências e profecias sobre o julgamento de Deus com Seu povo por causa da corrupção religiosa e adultério espiritual que resultaram em desobediência declarada à Sua vontade.

O texto inicia com Deus pedindo que Jeremias não se casasse nem tivesse filhos, pois além de ser um sermão encenado (dramatização) viria uma desolação sobre a terra e, sabendo como seria o futuro, Deus poupou seu servo de sofrimentos ainda maiores. Deus não é contra o casamento, Ele é o idealizador do matrimônio. Portanto, pedir a Jeremias para não tomar mulher para si era “uma ordem incomum, já que a vida familiar era considerada uma grande bênção. Ser solteiro não era visto como virtude” (Bíblia Andrews).

Na verdade, “o Senhor proibiu Jeremias de fazer três coisas normais e aceitáveis: casar-se, prantear os mortos e participar de banquete” (Warren Wiersbe). O que significaram estas instruções divinas? “A ordem para Jeremias não se casar representava uma profecia anunciando a devastação que as famílias sofreriam. A perda seria muito pior do que não ter o conforto de uma família... as mortes serias numerosas demais para se prantear e sepultar... todas as interações humanas normais cessariam” (Bíblia Andrews).

A própria vida do profeta anunciava juízo sobre o povo, apontava para lamentos, festas interrompidas, mortes prematuras de jovens, etc. Na sequência, é pronunciada algumas profecias que merecem nossa atenção:

• Deus revela Sua rejeição à geração de Jeremias por sua persistente rebeldia e idolatria; o que serve como advertência aos judeus em relação aos pecados de seus antepassados (Jeremias 16:10-13).
• Deus promete que haveria uma restauração no futuro após a disciplina no cativeiro. O Senhor traria o povo de volta à terra que Ele prometera dar a Israel – isso seria um grande livramento (Jeremias 16:14-15).
• Deus mostra que o caminho da restauração passa imprescindivelmente pelo arrependimento. Por isso, o profeta convoca o povo a confessar seus pecados e voltar ao Senhor, que é misericordioso (Jeremias 16:16-21).

No final do capítulo, “numa explosão de fé e de alegria profética, Jeremias viu não apenas o ajuntamento do remanescente judeu, mas também a vinda das nações gentias de todos os cantos da Terra para adorar o verdadeiro Deus vivo de Israel” (Wiersbe). Fazemos parte do cumprimento desta profecia! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

No caminho

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 12 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/no-caminho/ No caminho Ensine a criança no camin...