quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Isaías 55 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 55
Comentário: Pr. Heber Toth Armí

ISAÍAS 55 – O evangelho da graça foi escancarado pelo profeta Isaías. Especialmente o capítulo em questão, pois explora esse evangelho no Antigo Testamento.

“O Espírito de Deus faz um convite evangelístico para Israel voltar. Ao mesmo tempo, convida todos os habitantes da Terra para o banquete das boas-novas. Só é preciso ter consciência da necessidade (sede). As bênçãos consistem nas águas do Espírito, no vinho da alegria e no leite da boa Palavra de Deus. São uma dádiva da graça, obtida sem dinheiro e sem preço”, comenta William MacDonald.

Desta forma, Isaías 55, com sua ênfase na graça divina e na magnitude da Palavra de Deus, oferece um terreno fértil para entender como tais elementos promovem reavivamento e reformas espirituais:

• A graça divina, conforme expressa no convite aos que têm sede virem às águas, não faz distinção de classe social, méritos pessoais ou recursos financeiros. Pessoas de todos os contextos são convidadas a se aproximarem de Deus (Isaías 55:1).

• O convite para buscar o Senhor e comer o que é bom é um apelo direto para que as pessoas abandonem a busca por satisfação em coisas supérfluas e se voltem para aquilo que é verdadeiramente essencial à existência. O reavivamento acontece quando se percebe a insuficiência do que o mundo oferece, e anseia por algo mais significativo (Isaías 55:2-5).

• O apelo urgente para buscar ao Senhor enquanto Ele pode ser achado revela que o tempo da graça disponível pode terminar. Essa urgência incentiva à prontidão espiritual e à busca intensa por Deus – elementos cruciais no reavivamento genuíno, que resulta em reforma autêntica de vida: Conversão (Isaías 55:6-7).

• Para isso, é imprescindível reconhecer a soberania e sabedoria insondável de Deus. Tal reconhecimento é vital para o reavivamento espiritual e a reforma de vida, pois impulsiona a humildade e a submissão à autoridade divina (Isaías 55:8-9).

• O final do capítulo apresenta o clímax do reavivamento e reforma espirituais, os quais estão vinculados à redescoberta da aplicação prática das Escrituras – que não retornam vazias. Através de Sua Palavra, Deus promete uma transformação na vida e na condição de quem aceitar Seus ternos convites (Isaías 55:10-13).

Isaías 55 é mais que um mero chamado à redenção, é uma exaltação ao Criador e à eficácia de Sua Palavra! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Hotel Abraão

  Devocional Diário Hotel Abraão Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. Gênesis 21:33 Um c...