sexta-feira, 14 de abril de 2023

Jó 20 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jó 20
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JÓ 20 – Existe teologia fabricada no inferno. O Diabo teve a Deus como seu professor de Teologia, não houve e nem há no Universo melhor seminário teológico do que ele frequentou. Ademais, deve ter durado mais de 4 ou 5 anos. Ele teve as melhores respostas para suas mais profundas indagações. Contudo, sua teologia é deturpada. Satanás cria que Jó servia a Deus por interesse, que a religião não passa de barganha com Deus.

Considerando isso, analise atentamente os discursos dos amigos de Jó. Todos os três discursam com um viés de interesse e barganha na religião. Eles criam que prosperidade e bem-estar sinalizavam bênçãos divinas; e, o sofrimento e a desgraça sinalizavam castigo pelos pecados. Diante disso, sendo merecedor do sofrimento, o pecador imprescindivelmente precisa arrepender-se para obter vantagens. Tudo por interesse, barganha, não?

Tal visão implica manipular a Deus, fazer acordos com Ele, negociar (barganhar). É muito sutil, mas é exatamente isso. A teologia dos amigos de Jó coaduna com a de Satanás – ambas visões teológicas estão concatenadas.

A percepção de Jó, a condição que ele se encontra e a revelação de Deus nos primeiros capítulos, corretamente entendidos, desafiam nossa visão tacanha em relação à teologia bíblica. Viver a religião por impulso, sem estudo e profunda reflexão dependendo do Espírito Santo, não nos levará ao ideal almejado por Deus. Além disso, o relato de Jó nos mostra que serviço e obediência a Deus não se baseiam apenas em bênçãos ou recompensas terrenas, mas em um relacionamento íntimo e pessoal com Ele.

Zofar é um exemplo de mestres que fazem teologia no inferno cujo professor é o próprio diabo. Sua teologia o cega para perceber a fidelidade de Jó para com Deus apesar de tamanho sofrimento que o assolava. Por isso, acusava de ímpio ao fiel servo de Deus, merecedor do sofrimento, digno da justiça divina!

As acusações fortes e duras para Jó foram reações de Zofar, que se ressentiu “do fato de Jó dirigir a ameaça de castigo contra seus amigos” no final do capítulo anterior, “já que está seguro de que somente Jó é culpado” (CBASD).

Estudando Jó é possível adquirir recursos para distinguir teologias oriundas do inferno das que são reveladas pelo verdadeiro Deus do Céu. Portanto, reavivemo-nos na Palavra! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...