segunda-feira, 9 de janeiro de 2023

CHUVA TEMPORÃ

 CHUVA TEMPORÃ

“E acontecerá nos últimos dias, diz Deus, que derramarei o Meu Espírito sobre toda a humanidade. [...] E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Atos 2:17, 21

Essas palavras foram ditas pelo apóstolo Pedro ao explicar o que estava acontecendo no dia de Pentecostes, quando todos os crentes ficaram cheios do Espírito Santo (At 2:4). Ele afirmou que era o cumprimento de uma antiga profecia feita por Joel (2:28-32). Ao discorrer sobre o mesmo episódio, Ellen G. White afirmou: “O derramamento do Espírito nos dias dos apóstolos foi o começo da primeira chuva, ou temporã, e o resultado foi glorioso” (Atos dos Apóstolos, p. 35 [54, 55]). Examinando o livro de Atos, encontramos estes benditos resultados:

Intrepidez para anunciar a Palavra de Deus. Antes do Pentecostes, os discípulos estavam constantemente com medo. Por isso, Pedro negou a Jesus, e os demais discípulos O abandonaram. Posteriormente, eles se reuniram a portas fechadas. Porém, depois de receberem o Espírito Santo, tornaram-se ousados. Mesmo diante das ameaças de prisão e morte, eles anunciavam o evangelho (At 4:5-33; 5:12, 17-21, 40-42). Mais importava obedecer a Deus do que aos homens (At 5:29).

Muitos milagres. Coxos e paralíticos, doentes e atormentados de espírito foram curados. Sinais, prodígios e milagres foram realizados em grande quantidade por meio dos crentes (At 3:1-10; 5:12; 8:6, 7, 13; 9:17, 18, 32-34), a ponto de uma mulher – Dorcas – ser ressuscitada (9:36-43). Eles haviam recebido tanto poder que até a sombra de Pedro, ao se projetar sobre os enfermos, os curava (At 5:14-16).

Muitas conversões. O propósito da dádiva do Espírito era que as pessoas invocassem o nome do Senhor e fossem salvas. E foi isso o que aconteceu. Já no primeiro dia, cerca de 3 mil pessoas aceitaram a Palavra de Deus e foram batizadas (At 2:41). Logo depois, o número de conversos passou para 5 mil (At 4:4). E o relato continua: “E aumentava sempre mais o número de crentes no Senhor, uma multidão de homens e mulheres” (At 5:14); e, “em Jerusalém, o número dos discípulos aumentava” (At 6:7). Enfim, por toda parte, a igreja “crescia em número” (At 9:31).

Oremos ao Senhor para que novamente nos dê a plenitude de Seu Espírito a fim de que esses mesmos resultados voltem a acontecer.
https://youtu.be/T3D-K-g6qVI

MEDITAÇÃO DIÁRIA

9 de janeiro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/chuva-tempora/
•••

Nenhum comentário:

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

  A OBRA DO ESPÍRITO SANTO Quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque eles não creem em Mim; da...