segunda-feira, 31 de outubro de 2022

O VINDICADOR DA VERDADE

 O VINDICADOR DA VERDADE

Porque a lei foi dada por meio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo. João 1:17

Cristo dá a todo o Seu povo um exemplo da Sua forma de trabalhar em prol da salvação de homens e mulheres. O Filho de Deus Se identifica com o ofício e a autoridade de Sua igreja organizada. Suas bênçãos deveriam fluir por meio das agências que Ele ordenou, conectando assim a humanidade ao canal mediante o qual as Suas bênçãos deveriam vir.

Paulo era extremamente zeloso na obra de perseguir os santos, mas isso não o isentou da culpa quando a consciência de sua crueldade lhe foi impressa na mente pelo Espírito de Deus. Ele deveria se tornar aprendiz dos discípulos. Descobriu que Jesus, a quem em sua cegueira, considerava um impostor, era de fato o Autor e fundador de toda religião do povo escolhido de Deus desde os dias de Adão, e o Consumador da fé agora tão clara para sua visão esclarecida.

Ele passou a enxergar Cristo como o Vindicador da verdade, o cumpridor de todas as profecias. Até então, ele via Jesus como um questionador da lei divina. Quando, porém, sua visão espiritual foi tocada pelo dedo do Senhor, aprendeu com os discípulos que Cristo era o Originador e Fundador de todo o sistema judaico de sacrifícios. Entendeu que, em Sua morte, o tipo encontrou o antítipo e que Cristo veio ao mundo com o propósito expresso de vindicar a lei do Seu Pai. À luz da lei, viu-se como pecador. Descobriu que a própria lei que ele imaginava guardar com tanta dedicação estava sendo transgredida. À luz da lei, reconheceu-se pecador, morreu para o pecado e se tornou obediente às reivindicações da lei divina. Arrependeu-se dos seus pecados, depositou sua fé em Jesus como o seu Salvador, foi batizado e passou a pregar a Cristo com o mesmo ímpeto e zelo que antes dedicava a condená-Lo.

Na conversão de Paulo encontramos princípios importantes que devemos manter sempre em mente. O Redentor do mundo não sanciona a experiência e o exercício da esfera religiosa independentemente da Sua instituição organizada e reconhecida, a igreja (Carta 54, 1874).

PARA REFLETIR: Você já teve uma visão de Jesus? Em caso afirmativo, que diferença isso fez na sua prática de fé?
https://youtu.be/Fnd_5uTaktw

MEDITAÇÃO DIÁRIA

31 de Outubro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-vindicador-da-verdade/

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...