segunda-feira, 10 de outubro de 2022

O AMOROSO SALVADOR

O AMOROSO SALVADOR


Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro sejam o louvor, a honra, a glória e o domínio para todo o sempre. Apocalipse 5:13

Cristo não cedeu em nada ao inimigo torturante, nem mesmo em Sua mais amarga agonia. Legiões de anjos maus estavam ao redor do Filho de Deus. Contudo, não foi ordenado aos santos anjos que rompessem as fileiras e se empenhassem em conflito com o insultante, injurioso inimigo. Os anjos celestiais não tiveram permissão de ministrar ao angustiado espírito do Filho de Deus. Foi nessa terrível hora de trevas, oculta a face de Seu Pai, legiões de anjos maus a circundá-Lo, pesando sobre Ele os pecados do mundo, que Lhe foram arrancadas dos lábios as palavras: “Deus Meu, Deus Meu, por que Me desamparaste?” (Mt 27:46). 

A morte dos mártires não pode ser comparada com a agonia suportada pelo Filho de Deus. Devemos ter visões mais amplas e profundas da vida, sofrimentos e morte do querido Filho de Deus. Ao ser a expiação devidamente considerada, a salvação de pessoas será reconhecida de infinito valor. Em comparação com os empreendimentos da vida eterna, todos os outros submergem na insignificância. Mas como têm sido desprezados os conselhos desse amoroso Salvador! O coração se dedica às coisas do mundo, e interesses egoístas têm fechado a porta ao Filho de Deus. Vã hipocrisia e orgulho, egoísmo e lucro, inveja, malícia e paixão têm enchido de tal forma o coração de muitos, que Cristo não pode ter lugar ali. 

Ele era eternamente rico, todavia, por amor de nós, fez-Se pobre, para que, mediante Sua pobreza, pudéssemos nos tornar ricos. Vestia-Se de luz e glória e estava cercado de exércitos de anjos celestiais que esperavam por executar-Lhe as ordens. No entanto, revestiu-Se de nossa natureza e veio morar entre pecadores mortais. Há aí amor que linguagem alguma pode exprimir. Ultrapassa ao conhecimento. Grande é o mistério da piedade. Nosso espírito deve se avivar, elevar e ser arrebatado com o tema do amor do Pai e do Filho do Homem. Os seguidores de Cristo devem aprender aqui a refletir em certa medida aquele misterioso amor preparatório para a união com todos os remidos em tributar “Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro”, “o louvor, a honra, a glória e o domínio para todo o sempre” (Ap 5:13) (Testemunhos Para a Igreja, v. 2, p. 214, 215). 

PARA REFLETIR: Quando você reservará tempo para contemplar a vida e a morte de Jesus? 

MEDITAÇÃO DIÁRIA
10 de Outubro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-amoroso-salvador/

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...