sexta-feira, 19 de agosto de 2022

O VERBO ETERNO

 O VERBO ETERNO

Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a Minha voz. João 18:37

Cristo foi o maior Mestre que este mundo já conheceu. Veio à Terra a fim de difundir os brilhantes raios da verdade, para que os seres humanos pudessem se habilitar para o Céu. “Para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade” (Jo 18:37). Veio para revelar o caráter do Pai, para que as pessoas fossem levadas a adorá-Lo em espírito e verdade. 

A necessidade da humanidade quanto a um mestre divino era reconhecida no Céu. A piedade e terna compaixão de Deus foram despertadas para com os seres humanos, caídos e presos à carruagem de Satanás. Ao chegar a plenitude dos tempos, Deus enviou Seu Filho. Aquele que havia sido designado no conselho celestial veio à Terra como instrutor da humanidade. Ele foi dado ao mundo pela grande generosidade de Deus e, a fim de satisfazer às necessidades da natureza humana, tomou sobre Si a humanidade. Para assombro dos seres celestiais, o Verbo eterno veio a este mundo como impotente bebê. Plenamente preparado, deixou as cortes reais, aliando-Se misteriosamente com os caídos seres humanos. […] 

Ao Cristo deixar Seu alto posto de comando, poderia haver tomado na vida qualquer posição que escolhesse. Mas a grandeza e a posição nada eram para Ele, e preferiu a mais humilde condição de vida. Nenhum luxo, comodidade ou satisfação própria entrou em Sua existência. A verdade de origem celestial, eis o que devia Lhe servir de tema. Devia semear o mundo com a verdade. […] 

Não é de admirar que durante a infância Cristo crescesse em sabedoria e graça para com Deus e os seres humanos, pois estava em harmonia com as leis divinamente estabelecidas; que Seus talentos se desenvolvessem e Suas faculdades se fortalecessem. Ele não buscou educação nas escolas dos rabis; pois Deus era Seu instrutor. À medida que crescia, continuava se desenvolvendo em sabedoria. Aplicava-Se diligentemente ao estudo das Escrituras; pois sabia que elas se achavam repletas de valiosas instruções. Era fiel no desempenho dos deveres domésticos; e as primeiras horas da manhã, em vez de serem passadas na cama, achavam-No muitas vezes em algum lugar isolado, examinando as Escrituras e orando ao Pai celestial (Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p. 259, 260). 

PARA REFLETIR: Se Jesus é a Palavra eterna, por que Ele precisava estudar as Escrituras? 
https://youtu.be/4Gv94VRg6RA

MEDITAÇÃO DIÁRIA

19 de agosto
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-verbo-eterno/

Nenhum comentário:

JEOVÁ EMANUEL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 30 de setembro https://mais.cpb.com.br/meditacao/jeova-emanuel/ JEOVÁ EMANUEL O Senhor será Rei sobre toda a Terra. Naque...