quinta-feira, 21 de abril de 2022

O VERDADEIRO PASTOR

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

21 de abril

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-verdadeiro-pastor/

O VERDADEIRO PASTOR

Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas. João 10:11

Há uma obra a ser feita pelos ricos, a fim de despertar neles o reconhecimento de que estão ligados a Deus e devem prestar contas a Ele. É necessário que acordem para o fato de que precisarão entregar um relatório Àquele que julgará vivos e mortos na Sua vinda e no Seu reino. Os ricos têm a responsabilidade de trabalhar em prol dos outros no amor e temor de Deus. No entanto, muitos ricos confiam nos próprios recursos e não se dão conta do perigo em que se encontram. Deus tem algo para lhes dar que é imensamente mais valioso do que ouro, prata ou pedras preciosas. A alma precisa ser atraída para coisas de valor permanente. Necessitam entender o valor da verdadeira bondade. Jesus lhes diz: “Venham a Mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e Eu os aliviarei” (Mt 11:28). Pede que troquem o jugo produzido por eles próprios por Seu jugo suave e Seu fardo leve. Diz: “Aprendam de Mim, porque sou manso e humilde de coração” (v. 29). Ele chama: “Se alguém tem sede, venha a Mim e beba” (Jo 7:37); “o que vem a Mim, de modo nenhum o lançarei fora” (Jo 6:37).

Quem ouve a voz de Cristo reconhece o som da bondade superior, a voz do verdadeiro Pastor. Ah, que os ricos sintam a responsabilidade de ser mordomos fiéis dos recursos que lhes foram confiados! Que entendam a necessidade de ser agentes de Deus, a fim de receber Sua aprovação! Que tenham a consciência de que pisam em solo sagrado e podem ser obreiros distintos, engajados com Cristo na grande obra de elevar aqueles por quem Ele morreu para salvar!

[…] Ele [Deus] confiou recursos aos ricos a fim de que abençoem a humanidade, aliviando as necessidades dos sofredores e carentes. Esse é o trabalho que lhes foi confiado e, ao fazê-lo, não devem sentir que estão realizando algo extraordinário…

Ele não tem a intenção de que uma pessoa tenha todos os luxos da vida enquanto outros clamam por pão. Todo o dinheiro entregue à humanidade além do necessário para suprir as próprias necessidades foi confiado para abençoar os outros seres humanos (The Signs of the Times, 30 de julho de 1894).

PARA REFLETIR: Você enxerga os ricos como possíveis candidatos ao reino do Céu ou os vê como um grupo repleto de bens e carente de nada?

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...