terça-feira, 12 de abril de 2022

O AMIGO NA CORTE CELESTIAL

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

12 de abril

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-amigo-na-corte-celestial/

O AMIGO NA CORTE CELESTIAL

Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos. Romanos 5:19

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a Sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (1Pe 1:3). Há algum motivo para essa esperança viva não nos dar tanta confiança e alegria no presente quanto conferia aos discípulos na época da igreja apostólica? Cristo não está sepultado no túmulo novo de José. Ele ressuscitou e ascendeu ao Céu. Nós devemos colocar em prática a nossa fé, a fim de que o mundo veja que temos uma esperança viva e saiba que temos um Amigo na corte celestial.

Fomos gerados novamente para uma esperança viva, para uma herança incorruptível e imaculada, que não se esvai, reservada no Céu para nós. Nossa esperança não é desprovida de fundamento; nossa herança não é corruptível. Não é fruto da imaginação, mas está reservada no Céu para nós, que somos “guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para ser revelada no último tempo”. “Nisso vocês exultam, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejam contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da fé que vocês têm, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado pelo fogo, resulte em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo” (1Pe 1:5-7).

Em períodos de tentação, parecemos perder de vista o fato de que Deus nos testa para que a nossa fé seja provada, a fim de que sejamos encontrados em louvor, honra e glória por ocasião da vinda de Jesus. O Senhor nos põe em posições diferentes para nos desenvolver. Se possuímos defeitos de caráter dos quais não temos consciência, Ele nos dá a disciplina que trará esses defeitos à tona, a fim de que possamos vencê-los. Em cada nova posição, nos deparamos com um tipo diferente de tentação. Quantas vezes, quando somos colocados em uma situação de prova, pensamos: “Que erro assombroso! Como eu gostaria de ter permanecido onde estava antes!” Mas por que você não se contenta? […] O que fazer quando se é provado pelas providências do Senhor? Você precisa se erguer diante da emergência da situação e vencer os seus defeitos de caráter (Review and Herald, 6 de agosto de 1889).

PARA REFLETIR: Qual é a herança incorruptível que aguarda você no Céu?

Nenhum comentário:

O JOVEM GALILEU

O JOVEM GALILEU Três dias depois, O acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas. Lucas 2:46 Era o...