sexta-feira, 22 de abril de 2022

A CABEÇA GLORIFICADA

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

 

22 de abril

https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-cabeca-glorificada/

A CABEÇA GLORIFICADA

A fim de que o amor com que Me amaste esteja neles, e Eu neles esteja. João 17:26

Cristo declara a missão que tinha em vista ao vir à Terra. Afirma em Sua última oração pública: “Pai justo, o mundo não Te conheceu. Eu, porém, Te conheci, e também estes reconheceram que Tu me enviaste. Eu lhes fiz conhecer o Teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que Me amaste esteja neles, e Eu neles esteja” (Jo 17:25, 26). Quando Moisés pediu ao Senhor que lhe mostrasse Sua glória, o Senhor disse: “Farei passar toda a Minha bondade diante de você” (Êx 33:19). “O Senhor passou diante de Moisés e proclamou: O Senhor! O Senhor Deus compassivo e bondoso, tardio em irar-Se e grande em misericórdia e fidelidade; que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a maldade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocente o culpado […]. E imediatamente Moisés curvou-se para a terra, adorou o Senhor” (Êx 34:6-8). Quando formos capazes de compreender o caráter de Deus como Moisés, também nós nos apressaremos em nos curvar em adoração e louvor. Jesus não esperava nada menos que o amor com que o Pai O amou (Jo 17:26) estivesse no coração de Seus filhos, a fim de que pudessem comunicar a outros o conhecimento de Deus.

Oh! Que certeza essa de que o amor de Deus pode habitar no coração de todos os que Nele creem! Oh! Que salvação é provida; pois Ele pode salvar totalmente os que por Ele se chegam a Deus. Exclamamos com admiração: Como serão possíveis essas coisas? Mas Jesus não Se contentará com nada menos do que isso. Aos que são participantes aqui de Seus sofrimentos, de Sua humilhação, resistindo por amor a Seu nome, será outorgado o amor de Deus como o foi para o Filho. Disse Aquele que sabe: “o próprio Pai os ama” (Jo 16:27). Aquele que teve conhecimento pessoal do comprimento, da largura, da altura e da profundidade desse amor, declarou-nos esse fato surpreendente.

Esse amor nos pertence pela fé no Filho de Deus. Por isso, a conexão com Cristo significa tudo para nós. Devemos ser um com Ele, assim como Ele o é com o Pai, e então somos amados pelo infinito Deus como membros do corpo de Cristo, como ramos da Videira viva. Devemos estar ligados ao tronco original e receber nutrição da Videira. Cristo é nossa Cabeça glorificada, e o divino amor fluindo do coração de Deus se detém em Cristo e é comunicado aos que se uniram a Ele. Aprofundando-se na alma, este divino amor lhe infunde gratidão, livra-a de sua debilidade espiritual, do orgulho, da vaidade e do egoísmo, e de tudo o que deforma o caráter cristão (Fundamentos da Educação Cristã, p. 177-179).

PARA REFLETIR: Como você pode vivenciar o amor divino se estiver desconectado de Cristo?

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...