domingo, 6 de março de 2022

O GRANDE MISSIONÁRIO

 O GRANDE MISSIONÁRIO

Porque Eu desci do Céu, não para fazer a Minha própria vontade, mas a vontade Daquele que Me enviou. João 6:38

A maior necessidade do mundo é o esforço consagrado em prol da salvação de pessoas. Pela plenitude de Seu poder, Cristo deseja fortalecer Seu povo a ponto de, por meio deste, o mundo inteiro ser envolvido em uma atmosfera de graça. Quando Seu povo faz uma entrega completa do coração a Deus, andando diante Dele com fé e humildade, o Senhor cumpre Seu propósito eterno por intermédio dos fiéis, capacitando-os a trabalhar em harmonia para anunciar ao mundo a verdade encontrada em Jesus. Ele usará todos – homens, mulheres e crianças – para fazer a luz brilhar no mundo e chamar um povo que será fiel aos Seus mandamentos.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3:16). A salvação de pessoas foi o grande objetivo que levou Cristo a renunciar a Suas vestes reais e Sua coroa imperial, a glória do Céu e a honra prestada pelos anjos. Deixando de lado Sua divindade, veio à Terra trabalhar e sofrer com a humanidade sobre Si. Aquele que foi transformado à semelhança de Cristo e cultiva o espírito do grande Missionário fica repleto do desejo de levar as boas-novas da salvação às regiões distantes, para aqueles que não conhecem o Salvador. Consagra tempo, forças, recursos e influência à obra de salvar. Usa cada ponto de sua habilidade no esforço de conquistar pessoas para Cristo. O sacrifício feito na cruz do Calvário é o motivo que o inspira a fazer esforços incessantes e a revelar zelo inabalável. Sua determinação é: “Não falharei nem desanimarei”. Por meio da sua vida consistente atrai todos ao seu redor ao Salvador.

Aqueles que entregam a vida ao ministério cristão conhecem o sentido da verdadeira felicidade. Seus interesses e suas orações vão muito além do eu. Eles próprios crescem à medida que tentam alcançar os outros. Familiarizam-se com os maiores planos e as iniciativas mais empolgantes. Como não cresceriam quando se colocam como canais de luz e bênção? Identificam-se cada vez mais com Cristo em todos os planos Dele. Não há oportunidade para estagnação espiritual. A ambição egoísta e a busca de prazeres são repreendidas pelo constante contato com os interesses cativantes aos quais pertencem as aspirações mais santas e elevadas (Review and Herald, 21 de novembro de 1907).

PARA REFLETIR: Como você usará os seus dons para ajudar outras pessoas a se salvar?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

06/03/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-grande-missionario/

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...