terça-feira, 8 de março de 2022

O CENTRO DO SISTEMA SACRIFICAL

  O CENTRO DO SISTEMA SACRIFICAL

Deus estava em Cristo reconciliando Consigo o mundo, não levando em conta os pecados dos seres humanos e nos confiando a palavra da reconciliação. 2 Coríntios 5:19

Embora a morte do Salvador pusesse fim à lei dos tipos e sombras, não diminuiu de forma alguma a obrigação imposta pela lei moral. Ao contrário, o próprio fato de que foi necessário Cristo morrer para expiar a transgressão daquela lei prova que ela é imutável.

Aqueles que alegam que Cristo veio para anular a lei de Deus e abolir o Antigo Testamento falam da era judaica como tendo sido um período de trevas, e retratam a religião dos hebreus como se tivesse consistido em meros ritos e cerimônias. Isso é um equívoco. Por todas as páginas da história sagrada, nas quais a maneira de Deus lidar com Seu povo escolhido está registrada, há indícios bem evidentes do grande Eu Sou. Nunca Ele deu aos filhos dos homens manifestações mais claras de Seu poder e Sua glória do que quando foi reconhecido como o único governador de Israel, e deu a lei ao Seu povo. Ali estava um cetro empunhado por mão não humana; e as majestosas manifestações do Rei invisível de Israel eram indescritivelmente grandiosas e impressionantes.

Em todas essas revelações da presença divina, a glória de Deus se manifestava por intermédio de Cristo. Não somente por ocasião do advento do Salvador, mas ao longo de todos os séculos após a queda e a promessa de redenção, “Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo” (2Co 5:19). Cristo era o fundamento e o Centro do sistema sacrifical, tanto da era patriarcal como da judaica. Desde o pecado de nossos primeiros pais, não tem havido comunicação direta entre Deus e a humanidade.

O Pai entregou o mundo nas mãos de Cristo, para que por Sua obra mediadora redimisse o ser humano e reivindicasse a autoridade e santidade da lei de Deus. Toda a comunhão entre o Céu e a raça decaída tem sido por intermédio de Cristo. Foi o Filho de Deus que fez aos nossos primeiros pais a promessa de redenção. Foi Ele que Se revelou aos patriarcas. Adão, Noé, Abraão, Isaque, Jacó e Moisés compreenderam o evangelho (Patriarcas e Profetas, p. 311, 312 [365, 366]).

PARA REFLETIR: Se Deus fez provisões tão cuidadosas para sua salvação, reconciliando-o Consigo por meio de Cristo, o que você pode fazer para ter a certeza de que não desperdiçará uma oferta tão grandiosa?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

08/03/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-centro-do-sistema-sacrifical/


Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...