sábado, 5 de fevereiro de 2022

O SANTO VIGIA

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

O SANTO VIGIA

05/02/2022

Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os Seus ouvidos estão abertos ao seu clamor. Salmo 34:15

Enquanto Pedro ainda se encontrava em Jope, foi chamado por Deus para levar o evangelho a Cornélio, um centurião romano que vivia em Cesareia.

Esse homem era rico e de linhagem nobre, e ocupava uma posição de honra em um cargo de confiança. Embora fosse pagão de nascimento, ensino e educação, adquirira o conhecimento de Deus pelo contato com os judeus e O adorava com coração verdadeiro, demonstrando a sinceridade de sua fé pela compaixão para com os pobres. Era conhecido longe e perto por sua beneficência, e sua vida honesta lhe dava boa reputação entre judeus e gentios. Sua influência era uma bênção a todos os que entravam em contato com ele. O relato inspirado o descreve como uma pessoa religiosa e temente a Deus, como também toda a sua família. Ele praticava a caridade e era um homem de oração (At 10:2).

Crendo em Deus como o Criador do Céu e da Terra, Cornélio O reverenciava, reconhecia Sua autoridade e procurava Seu conselho em todos os negócios da vida. Era fiel a Jeová em sua vida doméstica e em seus deveres oficiais. Erguera em seu lar um altar a Deus, pois não ousava efetuar seus planos ou encarar suas responsabilidades sem o auxílio divino.

Embora Cornélio cresse nas profecias e esperasse a vinda do Messias, não conhecia o evangelho como revelado na vida e morte de Cristo. Não era membro da igreja judaica e teria sido considerado pelos rabinos como pagão e imundo. Mas o mesmo santo Vigia que dissera de Abraão: “Eu o escolhi” (Gn 18:19) conhecia também Cornélio, e lhe enviou uma mensagem direta do Céu.

O anjo apareceu ao centurião quando ele estava orando. Ouvindo que alguém o chamava pelo nome, Cornélio ficou assustado. Mesmo assim, compreendeu que o mensageiro vinha da parte de Deus, e disse: “Que é, Senhor?” (At 10:4). O anjo respondeu: “As suas orações e as suas esmolas subiram para memória diante de Deus. Agora envie mensageiros a Jope e mande chamar Simão, que também é chamado de Pedro. Ele está hospedado com Simão, curtidor, cuja residência está situada à beira-mar” (v. 4-6).

Os detalhes dessas informações […] mostram que o Céu está ciente da história e ocupação dos seres humanos de todas as condições de vida. Deus está familiarizado com a experiência e os afazeres do humilde trabalhador, bem como com os do rei em seu trono (Atos dos Apóstolos, p. 84, 85 [132-134]).

PARA REFLETIR: Quem está aguardando fielmente uma mensagem especial da parte do Senhor, que Ele pode querer entregar por seu intermédio?

Nenhum comentário:

A PEDRA FUNDAMENTAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 18 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-pedra-fundamental/ A PEDRA FUNDAMENTAL Eis a Rocha! Suas obras são perfeit...