terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

O REDENTOR COMPASSIVO

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

15/02/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-redentor-compassivo/

O REDENTOR COMPASSIVO

Porque Deus, que disse: “Das trevas resplandeça a luz”, Ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Jesus Cristo. 2 Coríntios 4:6

Como discípulos de Cristo, não devemos nos misturar com o mundo simplesmente por amor ao prazer, para participar de suas loucuras. Esses relacionamentos só trazem prejuízo. Nunca devemos aprovar o pecado por meio de nossas palavras ou ações, nosso silêncio ou presença. Aonde quer que formos, devemos levar Jesus conosco e revelar aos outros a preciosidade de nosso Salvador. No entanto, os que tentam esconder sua religião atrás de muros de pedra perdem preciosas oportunidades de fazer o bem. Por meio das relações sociais, o cristianismo entra em contato com o mundo. Todos aqueles que receberam iluminação divina devem iluminar o caminho dos que não conhecem a Luz da vida.

Todos nós devemos nos tornar testemunhas de Jesus. A habilidade social, santificada pela graça de Cristo, deve ser aperfeiçoada para atrair pessoas ao Salvador. Que o mundo veja que não estamos preocupados de forma egoísta com nossos próprios interesses, mas que desejamos que outros participem das bênçãos e privilégios que desfrutamos. Que eles vejam que nossa religião não nos torna insensíveis ou exigentes. Que todos os que afirmam ter encontrado Cristo contribuam para o bem das pessoas, como Ele fez.

Nunca deveríamos dar ao mundo a falsa impressão de que os cristãos são pessoas tristes e infelizes. Se nossos olhos estiverem fixos em Jesus, veremos um Redentor compassivo e receberemos luz de Seu semblante. Onde quer que reine o espírito de Cristo, ali habita a paz. E haverá alegria também, pois há uma calma e santa confiança em Deus.

Cristo fica feliz com Seus seguidores quando mostram que, embora humanos, são participantes da natureza divina. Não são estátuas, mas homens e mulheres vivos. Seu coração, reanimado pelo orvalho da graça divina, abre-se e expande-se ao Sol da Justiça. A luz que brilha sobre eles é refletida sobre outros em obras iluminadas pelo amor de Cristo (O Desejado de Todas as Nações, p. 113, 114 [152, 153]).

PARA REFLETIR: Você é um cristão feliz? As pessoas gostam de estar ao seu lado? Como você usa sua “influência social” para edificar o reino de Deus?

Nenhum comentário:

O JOVEM GALILEU

O JOVEM GALILEU Três dias depois, O acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas. Lucas 2:46 Era o...