segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

DIVINDADE

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

28/02/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/divindade/

DIVINDADE

Olhamos para Ele, mas não havia nenhuma beleza que nos agradasse. Isaías 53:2

Há mais de 2 mil anos ouviu-se no Céu uma voz de significado misterioso, vinda do trono de Deus: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas preparaste um corpo para Mim. […] Eis aqui estou! No rolo do livro está escrito a Meu respeito. Estou aqui para fazer, ó Deus, a Tua vontade” (Hb 10:5, 7). Nessas palavras é anunciado o cumprimento do plano que estivera oculto desde tempos eternos. Cristo estava prestes a visitar nosso mundo e encarnar. Ele disse: “preparaste um corpo para Mim” (v. 5). Se tivesse aparecido com a glória que possuía com o Pai antes que o mundo existisse, não poderíamos resistir à luz de Sua presença. Para que pudéssemos contemplá-la e não ser destruídos, a manifestação de Sua glória foi velada. Sua divindade ocultou-se na humanidade – a glória invisível na visível forma humana.

Esse grande plano havia sido representado em tipos e símbolos. A sarça-ardente na qual Cristo apareceu a Moisés revelava Deus. O símbolo escolhido para representar a Divindade foi um humilde arbusto que aparentemente não tinha nada de especial, mas abrigou o Infinito. O Deus todo-misericordioso escondeu Sua glória em um símbolo bastante humilde, para que Moisés pudesse olhar para ele e viver. Assim, na coluna de nuvem de dia e na de fogo à noite, Deus Se comunicava com Israel, revelando aos seres humanos Sua vontade e proporcionando-lhes graça. A glória de Deus era restringida, e Sua majestade estava oculta, para que a fraca visão de seres humanos finitos pudesse contemplá-la. Da mesma forma, Cristo viria em “nosso corpo de humilhação” (Fp 3:21), “semelhante aos seres humanos” (Fp 2:7). Aos olhos do mundo, não tinha nenhuma beleza que chamasse atenção. Entretanto, era o Deus encarnado, a luz do Céu na Terra. Sua glória estava encoberta, e Sua grandeza e majestade ocultas, para que pudesse atrair para Si os tentados e sofredores.

A respeito de Israel, Deus ordenou a Moisés: “E farão para Mim um santuário, para que Eu possa habitar no meio deles” (Êx 25:8). E habitou no santuário, no meio de Seu povo. Durante toda a cansativa peregrinação deles no deserto, o símbolo de Sua presença os acompanhou. Assim, Cristo estabeleceu Seu tabernáculo no meio de nosso acampamento humano. Estendeu Sua tenda ao lado das tendas dos seres humanos, para que pudesse viver entre nós, e pudéssemos nos familiarizar com Seu caráter e vida divinos (O Desejado de Todas as Nações, p. 12 [23]).

PARA REFLETIR: Jesus está disposto a Se tornar tudo aquilo de que você precisa, quando precisar. O que você necessita da parte Dele hoje?

Nenhum comentário:

O ÚNICO GUIA SEGURO

  O ÚNICO GUIA SEGURO Àquele que teme o Senhor, Ele o instruirá no caminho que deve escolher. Salmo 25:12 O apóstolo exaltou a Cristo peran...