quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

O JUIZ DE TODOS

O JUIZ DE TODOS

   Porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos. Mateus 22:14

   Quando o dono de terras foi à praça e encontrou homens sem trabalho, perguntou: “Por que vocês ficaram desocupados o dia todo?” (Mt 20:6). A resposta deles foi: “Porque ninguém nos contratou” (v. 7). Nenhum dos que foram chamados mais tarde estava lá de manhã. Eles não haviam recusado o convite. Aqueles que recusam e se arrependem depois, fazem bem em se arrepender. No entanto, não é seguro ignorar o primeiro chamado de misericórdia.

   O Senhor requer que o fogo santo seja usado para Seu serviço. Devemos levar a mensagem do Dono de terras às outras pessoas. Isso impressionará corações. Em qualquer parte da vinha do Senhor em que homens e mulheres estiverem trabalhando, precisam examinar o próprio coração.

   Caso se sintam inclinados a exaltar a si mesmos e criticar os outros, necessitam de uma mudança de coração, até que deixem de definir o próprio valor por seu trabalho e pelo trabalho dos outros.

   Necessitamos de um espírito de amor e verdadeira dependência de Deus. Quando temos fé implícita Naquele que é a verdade, reconhecemos que a preocupação e a ansiedade são desnecessárias.

   Qualquer que seja nosso trabalho, devemos fazê-lo para Cristo. Há muitos tipos de trabalho temporal que podem ser realizados para Deus. O descrente faria esse mesmo ofício de maneira mecânica, por causa do salário que recebe. Não conhece a alegria de cooperar com o Obreiro Mestre. Não há espiritualidade na obra daqueles que servem a si mesmos. Seus motivos, suas aspirações e inspirações são comuns, voltados para o desejo de serem considerados talentosos pelas pessoas. É isso que move sua vida. Esse indivíduo pode receber louvor humano, mas não divino. Aqueles que verdadeiramente se unem a Cristo não trabalham por causa do salário que recebem. São colaboradores de Deus e não se esforçam para exaltar o eu.

   No último grande dia, as decisões tomadas serão uma surpresa para muitos. Juízos humanos não terão lugar nas decisões tomadas ali. Cristo pode julgar cada caso e o fará, pois todo juízo Lhe foi confiado pelo Pai. Ele estimará o serviço por aquilo que é invisível aos seres humanos. As coisas mais secretas se descortinam diante de Seus olhos que tudo veem. Quando o Juiz de todos os seres humanos começar Sua investigação, muitos daqueles cuja estima humana os colocou em primeiro lugar ficarão em último, e aqueles que foram colocados em último por homens e mulheres serão separados da multidão e posicionados em primeiro (Review and Herald, 31 de julho de 1900).

   PARA REFLETIR: Quando foi a última vez que você “ouviu” o aplauso do Céu por um ato abnegado de serviço?

MEDITAÇÃO DIÁRIA. 5  /01/2022

Nenhum comentário:

O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

 O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR O Senhor lutará por vocês; fiquem calmos. Êxodo 14:14 Reflito na meditação de Cristo e na promessa: “Não de...