quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

ROTEIRO DE VIAGEM

ROTEIRO DE VIAGEM

O Senhor disse a Abrão: “Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que Eu lhe mostrarei.” Gênesis 12:1, NVI

Será que Deus se interessa por nosso futuro? Nas encruzilhadas da vida, você já procurou a direção divina, pedindo a Deus um roteiro de viagem? Recebeu um mapa ou teve que conviver com o silêncio?

Ao concluir o ensino médio, Gerald ainda não sabia o que iria fazer. Deveria continuar no ministério musical, estudar medicina ou, seguindo a tradição dos avôs e do pai, tornar-se pastor? Angustiado, iniciou um pacto de oração pedindo que Deus lhe mostrasse o caminho, o que levou a dois anos de espera. Seu período de 18 meses de serviço público na Alemanha, uma alternativa ao serviço militar obrigatório, estava para terminar, e ele continuava perdido.

Com 15 dias de férias pela frente, Gerald e seu amigo Mathias decidiram escalar os Alpes suíços. Era início de outubro, outono na Europa. Com duas barracas velhas, muito entusiasmo e pouco dinheiro, partiram para St. Moritz, na Suíça. Passaram uma semana maravilhosa. Na sexta-feira à tarde, enquanto se dirigiam ao lugar em que desejavam passar o sábado, o tempo começou a mudar. No topo da montanha, perto de um pequeno lago de águas glaciais, montaram a barraca. Depois de um mergulho gelado e uma sopa quente, receberam o sábado e entraram nos sacos de dormir.

Gerald acordou à noite em meio a uma tempestade assustadora. Relâmpagos riscavam o céu em rápida sucessão, acompanhados pela trilha sonora dos trovões. A barraca precária, com estacas de ferro apontando para céu, perfeitos magnetos para atrair raios, estava cheia de água. Imóvel, apavorado, Gerald ficou com medo de morrer. Depois de um tempo, ele começou a fazer um balanço da vida e clamou a Deus: “Senhor, se for da Tua vontade que eu Te sirva em tempo integral, por favor, faze com que essa tempestade pare quando eu disser amém.” Quando terminou a oração, um silêncio solene invadiu a barraca. Era como se alguém houvesse desligado o interruptor.

Em casa, a mãe o abraçou e, antes que ele contasse o ocorrido, ela disse: “Tenho a impressão de que você deve estudar Teologia.” Diante da objeção anterior da mãe, que achava a vida de pastor muito difícil, Gerald ficou de queixo caído. Relatou sua experiência na montanha. Eles riram e choraram juntos. Gerald Klingbeil se tornou um respeitado teólogo e editor.

Não sei se Deus vai responder a você com trovões ou dizer “vá para a terra que Eu lhe mostrarei”, mas de algum modo Ele o guiará. Porém, pedir informação a Deus sobre o caminho certo só faz sentido se você estiver disposto a seguir o roteiro indicado e ultrapassar as fronteiras de seu mapa pessoal.

Marcos De Benedicto, 5/1/2016

Meditação Diária 23/12/2021

https://mais.cpb.com.br/meditacao/roteiro-de-viagem/



Nenhum comentário:

O MESTRE

 O MESTRE Mas o próprio Jesus não confiava neles, porque conhecia a todos. João 2:24 Apenas os que estão recebendo constantemente novos supr...