sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Professor E Rei

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

15 de outubro, sexta

PROFESSOR E REI

Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido. 1 Coríntios 13:12

O apóstolo Paulo está afirmando que nosso conhecimento sobre o amor é limitado. Um dia, porém, teremos um conhecimento amplo, pois estaremos na presença de nosso Conselheiro e Professor: Jesus.

Os discípulos tiveram um grande privilégio. Durante mais de três anos, sentaram-se aos pés do Mestre dos mestres e assim puderam sentir o amor em ação. Os ensinos de Cristo eram profundos e ao mesmo tempo acessíveis a todas as pessoas. Além disso, eram convincentes e inatacáveis. Mateus relatou que, ao final do Sermão do Monte, as multidões estavam “maravilhadas” da doutrina de Jesus, “porque Ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas” (Mt 7:28, 29).

Sentado na relva de uma elevação, junto ao Mar da Galileia, eu me fiz de aluno, numa viagem a Israel, em 1983. Tentei imaginar uma aula do Mestre, mas logo me dei conta de que era melhor esperar pela “Escola do Além”.

Um dia teremos a primeira aula no mundo vindouro. Será removido o véu que se interpõe entre o mundo visível e o invisível, e um imenso conhecimento nos será revelado. A nova Terra será a escola dos remidos. O Universo será o campo de estudos. Jesus será nosso professor. Ellen White diz:

“Ali, quando for removido o véu que obscurece a nossa visão, e nossos olhos contemplarem aquele mundo de beleza do qual temos apenas vislumbres pelo microscópio; quando olharmos às glórias dos céus, hoje observadas de longe pelo telescópio; quando, removida a mácula do pecado, a Terra toda aparecer “na beleza do Senhor nosso Deus” (Sl 90:17, King James) – que campo se abrirá ao nosso estudo! Ali o estudante da ciência poderá ler os relatos da criação, sem notar coisa alguma que lembre a lei do mal” (Educação, p. 212).

Na Terra, aprendemos o caminho da salvação; no Éden restaurado, alcançaremos a maturidade em todos os aspectos. Neste mundo, somos libertos do domínio do pecado; no vindouro, viveremos sob o reinado de Cristo.

Rubens S. Lessa, 28/1/2000

Nenhum comentário:

O homem que não sai de cena

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 24 de outubro, domingo O HOMEM QUE NÃO SAI DE CENA Ele, porém, começou a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem de q...