domingo, 4 de julho de 2021

Seremos Apresentados Ao Pai

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

4 De Julho, Domingo

Seremos Apresentados Ao Pai

O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos. Apocalipse 3:5

A expressão “o vencedor” indica haver alguma coisa para cada um de nós vencermos. O vencedor deve ser vestido com os vestidos brancos da justiça de Cristo, e está escrito a seu respeito: “E de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos” (Ap 3:5). Que privilégio ser vencedor e ter nosso nome apresentado diante do Pai pelo próprio Salvador! (Review and Herald, 9 de julho de 1908).

Que preciosa afirmação há nessa promessa! Que maior incentivo nos poderia ser apresentado para nos tornar filhos e filhas de Deus? Quem se revestirá de toda a armadura? Quem se alistará sob a bandeira ensanguentada do Príncipe Emanuel? [...] A todo filho de Deus tentado e em luta pode vir divina iluminação, de modo que ele não precise cair na batalha contra os poderes das trevas, mas seja vencedor em todo combate (The Youth’s Instructor, 6 de setembro de 1894).

As imaculadas vestes da justiça de Cristo são colocadas sobre os provados, tentados mas fiéis filhos de Deus. [...] Seus nomes são retidos no livro da vida do Cordeiro, registrados entre os fiéis de todos os séculos. Resistiram aos ardis do enganador; não foram demovidos de sua lealdade pelos rugidos do dragão. Acham-se agora eternamente seguros dos ardis do tentador. [...] E os remanescentes são não só perdoados e aceitos, mas também honrados. Um “turbante limpo” (Zc 3:5) lhes é colocado sobre a cabeça. Serão como reis e sacerdotes para Deus. Enquanto Satanás insistia em suas acusações e procurava destruir esse grupo, santos anjos, invisíveis, passavam para cá e para lá, colocando sobre eles o selo do Deus vivo. Esses são os que se acharão sobre o monte Sião com o Cordeiro, tendo escrito na fronte o nome do Pai (Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 475).

Ellen G. White, 28/12/1956 e 2005

Nenhum comentário:

O homem que não sai de cena

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 24 de outubro, domingo O HOMEM QUE NÃO SAI DE CENA Ele, porém, começou a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem de q...