quinta-feira, 29 de julho de 2021

Por Que Moisés Nunca Reclamou?

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

29 De Julho, Quinta

Por Que Moisés Nunca Reclamou?

O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços eternos. Deuteronômio 33:27

Uma das mais tocantes petições das Escrituras é o pleito de Moisés com Deus para que lhe fosse permitido cruzar o Jordão e ver a Terra Prometida antes da morte. Depois de pastorear os filhos de Israel durante todos aqueles longos anos de vagueação, o profeta desejava ver o país sobre o qual havia falado tanto. A promessa daquela agradável terra despertou um anseio que transbordou em uma petição que traria lágrimas aos olhos de qualquer um que se colocasse na situação: “Rogo-Te que me deixes passar, para que eu veja esta boa terra que está dalém do Jordão” (Dt 3:25).

No entanto, Deus disse não. Moisés deveria morrer e jamais cruzar o Jordão para a Terra Prometida. Muitos consideram que Deus foi muito severo com Moisés, afinal a causa do castigo foi apenas um único erro, em Meribá. Alguns destacam que Deus deveria ter permitido a Seu servo idoso, que tanto fizera por tão longo tempo na liderança de Israel, contemplar a agradável terra antes de morrer.

Moisés não pensou assim. Quando Deus disse: “Basta! Não Me fales mais nisto”, foi o suficiente (Dt 3:26). Alguns têm a noção de que Deus responde como um ser humano e poderia ter mudado de ideia se Moisés tivesse continuado suplicando. Mas Deus não muda. Não devemos ousar representar a Deus à nossa própria imagem. Em nossos julgamentos complacentes, a ficha de serviços prestados por Moisés poderia cobrir seu erro. Deus não pensa assim.

E Moisés sabia disso. Escolheu não se queixar. Embora ele desejasse muito estar na Terra Prometida, Deus não poderia permitir que ele passasse o Jordão. O Senhor tinha perdoado seu pecado em Meribá, mas Moisés sabia quanto mal faria ao povo se ele recebesse tratamento diferenciado. A justiça imparcial de Deus é tão forte quanto Sua misericórdia. Por isso Moisés não se queixou. Em suas últimas palavras, está incluído o texto bíblico de hoje. Moisés compreendeu a posição divina de justiça. Mas o Senhor foi além das expectativas de Seu servo e o ressuscitou, tornando-o o primeiro ser humano a passar por essa experiência!

Jan S. Doward, 27/2/1985

Nenhum comentário:

Exemplo De Humildade

  Meditação Diária Segunda-feira, 27 de setembro EXEMPLO DE HUMILDADE O jovem Samuel servia ao Senhor, perante Eli. 1 Samuel 3:1 Mesmo sendo...