quinta-feira, 17 de junho de 2021

NOSSO PAI

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

17 de junho, quinta

NOSSO PAI

Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu nome. Mateus 6:9

No Sermão do Monte, Deus é mencionado como “Pai” 17 vezes. Em João 14, o termo é empregado 23 vezes. Uma das razões por que Jesus veio à Terra foi ensinar aos homens que Deus não é cruel, tirano nem é uma divindade impessoal, mas um Pai amoroso. Ele reforçou esse ensino sugerindo que, ao orarmos, devemos nos dirigir a Deus como “Pai”.

A história a seguir, de Leonard Griffith, nos ajuda a entender como podemos nos relacionar com o poderoso Deus do Universo como nosso Pai amado.

“Em suas conferências em Yale em 1910, Frank Gunsaulus contou que, certa vez, Abraão Lincoln estava muito ocupado com os negócios do governo. Um dia, seu filhinho Tad se dirigiu ao secretário de estado norte-americano e disse: ‘Quero meu pai.’ Tad havia brigado com um garoto. O conferencista de Yale pede-nos que usemos a imaginação. Suponhamos que o secretário [...] tivesse dito: ‘Meu pequeno, direi ao chefe do executivo da nação [...] que você quer vê-lo.’ Essa seria uma declaração verdadeira, mas o menino certamente replicaria: ‘Quero ver meu pai.’ Depois o pequeno Tad encontra o ministro das relações exteriores da nação e chorando exclama: ‘Quero meu pai!’ Imaginemos que o ministro tivesse dito: ‘Vou levá-lo ao mais notável espírito diplomático que já desviou de uma nação jovem em difíceis conjunturas o ataque do Império Britânico.’ O ministro teria dito a verdade. O menino, entretanto, enxuga as lágrimas e fala em tom mais alto: ‘Quero meu pai!’ Então o poderoso ministro da guerra ouve o apelo da criança e lhe diz: ‘Vou levá-lo ao Comandante Supremo das Forças Armadas dos Estados Unidos.’ Para o ministro, o presidente era isso. Ele estava certo, mas não era assim que o filho do presidente o conhecia. A verdade do menino foi expressa em um soluço: ‘Quero meu pai!’” (God’s Time and Ours, p. 151).

A mais importante verdade sobre Deus é que Ele é nosso Pai. Ele Se interessa por nós. Ele nos ama. Preocupa-Se com nossa vida. Empenha-Se em nossa salvação eterna. Podemos certamente dizer a um Pai assim: “Santificado seja o Teu nome.”

Norval F. Pease, 27/1/1970

Nenhum comentário:

Esperança Para Todos

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 24 de julho, sábado Esperança Para Todos Cristo Jesus veio ao mundo para salvar pecadores. 1 Timóteo 1:15 “Você tem seis ...