sexta-feira, 19 de março de 2021

Toda a culpa aos pés da cruz

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sexta, 19 de março

Toda a culpa aos pés da cruz

Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós. 1 Pedro 5:7

Desgosto, ansiedade, descontentamento, remorsos, sentimento de culpa, desconfiança, tudo isso tende a consumir as forças vitais, e a convidar a decadência e a morte.

Esse sentimento de culpa tem de ser deposto aos pés da cruz do Calvário. O senso de pecaminosidade envenenou as fontes da vida e da verdadeira felicidade. Agora Jesus diz: Depõe tudo sobre Mim. Eu levarei teu pecado. Dar-te-ei paz. Não destruas por mais tempo teu respeito próprio, pois Eu te comprei com o preço do Meu próprio sangue. Tu és Meu, tua vontade enfraquecida Eu fortalecerei; teu remorso pelo pecado Eu removerei. […]

Satanás procura desviar nossa mente do poderoso Ajudador, para nos levar a ponderar sobre a degeneração de nossa alma. Mas ainda que Jesus veja a culpa Ele pronuncia o perdão; e nós não O devemos desonrar duvidando de Seu amor. […]

Se te julgares o maior dos pecadores, Cristo é justamente o de que careces: o maior Salvador. Ergue a cabeça e olha para fora de ti, para fora de teu pecado, para o Salvador erguido na cruz; fora da venenosa, peçonhenta picada da serpente, para o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Ele carregou o fardo de nossa culpa. Ele tomará o peso de nossos cansados ombros. Ele nos dará descanso. O fardo de cuidado e aflição, Ele o levará também. Convida-nos a lançar sobre Ele toda a nossa solicitude; pois traz-nos sobre o coração (Mente, Caráter e Personalidade, v. 2, p. 451, 452).

Quando o evangelho é recebido em sua pureza e poder, é uma cura para as doenças originadas pelo pecado. O Sol da Justiça ergue-Se “trazendo salvação nas Suas asas” (Ml 4:2). […]

O amor difundido por Cristo por todo o ser é um poder vitalizante. Todo órgão vital – o cérebro, o coração, os nervos – esse amor toca, transmitindo cura. Por ele são despertadas para a atividade as mais altas energias do ser. Liberta a alma da culpa e da dor, da ansiedade e do cuidado que consomem as forças vitais. Vêm com ele serenidade e compostura. Implanta na alma uma alegria que coisa alguma terrestre pode destruir – a alegria no Espírito Santo –, alegria que comunica saúde e vida (A Ciência do Bom Viver, p. 115).

Nenhum comentário:

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA Domingo, 18 de abril O ato estranho de Deus Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Se...