sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

O poder das palavras no lar

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sexta-feira, 22 de janeiro

O poder das palavras no lar

E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. Efésios 6:4

Deus convida os crentes a cessar de buscar faltas, de falar desavisada e maldosamente. Pais, sejam as palavras que falem a seus filhos bondosas e agradáveis e assim ajudem os anjos a levá-los a Cristo. Uma reforma completa é necessária na igreja do lar. Que comece já! Cesse todo o murmurar, irritar-se e ralhar. Os que se impacientam e esbravejam expulsam os anjos celestiais e abrem a porta aos anjos maus.

Lembrem-se o marido e a esposa de que têm fardos suficientes a levar sem infelicitarem a vida permitindo que surjam desavenças. Os que dão lugar a pequenas desavenças convidam Satanás para dentro de seu lar. As crianças captam o espírito de contenda acerca de coisas mínimas. Agentes do mal fazem sua parte para tornar pais e filhos desleais a Deus.

Meus irmãos e irmãs, vocês não querem ser cooperadores de Deus, trabalhando pela paz e harmonia? Orem pela suave e modeladora influência do Espírito Santo. Sejam seus lábios governados pela lei da bondade. Recusem ser mal-humorados, descorteses, indelicados. Sejam fiéis à sua profissão de fé. […]

Quando vocês concordarem em levar o jugo de Cristo, quando atenderem ao convite: “Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma” (Mt 11:29), deixarão de colocar jugos sobre o pescoço dos outros. Pararão de buscar faltas. Não mais considerarão uma virtude diferir dos outros. Vocês se demorarão sobre os pontos em que podem estar de acordo.

Estamos nos preparando para o encontro com nosso Senhor quando Ele vier nas nuvens do céu, com poder e grande glória. Nessa grandiosa e nobre obra, devemos ajudar uns aos outros. Os pais devem introduzir em seus lares todo brilho e alegria de que sejam capazes. Devem tornar seu lar cheio de luz por meio de palavras e atos bondosos. […]

Não sirvam ao inimigo de Deus manifestando um espírito ríspido e indelicado. Só entrarão no Céu os que venceram a tentação de falar e agir de maneira indelicada e ríspida. Cumpram a vontade de Cristo, falem as palavras de Cristo, e o Senhor Jesus, por Seu Santo Espírito, será um hóspede em seu lar (Carta 133, 1904).

Ellen G. White, 12/4/1980

Nenhum comentário:

Fé Inabalável

  MEDITAÇÃO DIÁRIA Segunda-feira, 10 de maio Fé Inabalável O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a no...