terça-feira, 20 de outubro de 2020

Na Casa do Pai

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

20 de outubro

Na Casa do Pai

Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor para todo o sempre. Salmo 23:6

Tendo em mente a garantia de que, graças a nosso divino Pastor, de nada teremos falta, não deveríamos nos permitir abalar pelos temporais que nos atingem ao longo da vida. Refrigério, suprimento de necessidades, restauração de forças físicas, emocionais e espirituais, proteção, tudo isso configura o desdobramento da garantia: “nada me faltará” (v. 1). Nem mesmo “o vale da sombra da morte” (v. 4) precisa ser temido. O Pastor estará conosco.

Concluindo o que foi dito anteriormente, e em linguagem que transborda gratidão pela experiência do passado, confiança pelo que vive no presente, alegria e esperança que olham com segurança para o futuro, o coração do salmista se derrama: “Certamente a Tua bondade e o Teu amor ficarão comigo enquanto eu viver” (v. 6, NTLH). Bondade, amor, misericórdia e graça vão nos sustentar enquanto houver vida, em todas as suas mudanças e situações variadas. Ao escrever esse salmo, Davi já tinha enfrentado grandes dificuldades e testemunhado muitas tragédias. Diante de tudo isso, conheceu pessoalmente um Deus empenhado em restaurar Seus filhos e dissipar seus temores.

“A bondade do Senhor inclui Sua fidelidade. Ele não pode deixar de ser quem é – o Amigo perdoador, aceitador e cuidadoso que conhece nossas necessidades, que vem a nós e nos segue a despeito de nossa rejeição e usa de todos os recursos a fim de conservar-nos próximos Dele e de Seu rebanho. Sua misericórdia e graça são expressões do perdão que nos é dado antes mesmo de o pedirmos. Ungindo as feridas do nosso coração com ternura, o Senhor troca nossas emoções conturbadas e medrosas pela certeza de que, aconteça o que acontecer, Ele estará sempre conosco” (Lloyd J. Ogilvie, Caindo na Grandeza, p. 55).

Finalmente, o ápice da chegada à casa do Pastor: “Habitarei na casa do Senhor para todo o sempre” (v. 6, NAA), longe dos perigos e predadores.

Estamos indo em direção à casa do Pastor, onde Ele nos prepara lugar (Jo 14:3). Ainda existem passagens difíceis no caminho. Mas o que isso importa? Vivemos em Sua presença, amparados por Suas mãos. Ele está ciente de tudo a nosso respeito. Ajuda-nos com singular cuidado e interesse. A Ele pertencemos. E assim será pelos séculos eternos. De fato, há um vale de morte entre nós e nosso destino final. Contudo, será apenas uma pausa para descanso. A certeza do que nos aguarda em seguida nos faz sentir alegria celestial ainda estando aqui na Terra.

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Minha riqueza

MEDITAÇÃO DIÁRIA 1°de dezembro Minha riqueza Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e Sua justiça, e todas essas coisas lhes serão...