sábado, 17 de outubro de 2020

Deus vivifica - Isaías 57

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Isaías 57

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Estamos partindo para a conclusão do estudo do livro de Isaías. Após dedicarmos vários dias estudando cada um de seus magníficos capítulos, estamos chegando ao ápice de suas profecias de esperança.

O melhor para a nossa vida acontece quando estamos na companhia de Deus; contudo, por Suas promessas somos incentivados a espera coisas melhores que ainda virão. Aguardemos!

A última parte do livro do profeta Isaías, de acordo com Gary V. Smith, começou no capítulo 56, o qual ele intitulou: “O destino dos servos de Deus”, e, o subdividiu da seguinte forma:

• Os justos experimentarão a futura salvação de Deus (56:1-59-21);

• Deus trará salvação, transformará Sião e destruirá aos malvados (60:1-63:6);

• Lamento e resposta: o destino dos servos e dos rebeldes (63:7-66:24).

O capítulo em questão fala muito ao nosso coração, que neste mundo turbulento, anseia intensamente por uma paz aparentemente inacessível.

Analise estes pontos relevantes para nossa vida no século XXI:

1. A injustiça e a indiferença dominam a sociedade atual como foi nos dias de Isaías, mas Deus está atento aos justos e os livra antes que o mal toma conta totalmente do nosso planeta. Apenas quem preza pela justiça divina e pela retidão no procedimento encontra paz e descanso para o coração (vs. 1-2).

2. A religião falsa é confrontada pelo Deus verdadeiro. Os que trocam o certo pelo duvidoso, que fundamentam suas crenças na tradição e não na revelação, que pautam sua adoração pelos conceitos falhos da opinião humana… são confrontados pelo único Deus vivo. Querendo a salvação dos desviados, após confrontar, Ele mesmo incentiva: “O que confia em mim herdará a Terra e possuirá o Meu santo monte” – isto é, salvação (vs. 3-13).

3. Os obstáculos que impedem o sublime e majestoso Deus de habitar no coração dos seres humanos são nossos pecados, principalmente o orgulho e a arrogância; mas, os humildes desfrutam desse privilégio – estes, diferentemente dos estúpidos arrogantes, têm o coração cheio de paz, satisfação e tranquilidade (vs. 14-21).

Onde Deus habita, há confiança em Suas promessas, apego a Seus planos, e isso resulta em paz, tranquilidade e satisfação. Um coração sem Deus viverá sempre em busca de algo, impaciente.

Deus vivifica o espírito dos abatidos e o coração dos contritos. Deixe Ele te avivar! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

Nenhum comentário:

O TRIBUNAL DA GRAÇA

MEDITAÇÃO DIÁRIA 22 de outubro O TRIBUNAL DA GRAÇA Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias Se assentou; [...]...