quinta-feira, 2 de abril de 2020

PASSARÁ

MEDITAÇÃO DIÁRIA
02 de abril

PASSARÁ

Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã. Salmo 30:5

Conta-se que um rei tirano resolveu se livrar de um dos serviçais por quem não alimentava a menor simpatia. Contudo, sabia que precisava fazer isso de tal maneira que não deixasse a mínima impressão de ter sido arbitrário, sem ter dado àquele homem uma chance de escape. Depois de haver procurado uma razão que justificasse sua atitude, resolveu submetê-lo a um teste. O servo teria que lhe apresentar uma palavra que o fizesse retomar o equilíbrio emocional quando experimentasse grande euforia e, ao mesmo tempo, o ajudasse a recuperar o ânimo quando estivesse profundamente triste. Caso não encontrasse a palavra, o homem seria morto. Assim, o servo foi para casa e dividiu a preocupação com a esposa. Pensaram muito no assunto durante a noite, até que a esposa encontrou a palavra certa.

No dia seguinte, o homem estava no posto do dever, quando foi convocado pelo rei a se apresentar e dizer a palavra “mágica”. Confiante, ao ser interrogado sobre o assunto, respondeu:

– Achei a palavra, majestade!

Surpreso, o rei quis saber qual era. O homem disse:

– A palavra que o rei busca é: Passará!

Com isso, o servo foi absolvido.

Nesta vida, tudo é passageiro. Todos nós guardamos na mente a lembrança de momentos que desejaríamos que fossem eternizados; porém, fazem parte do passado. Outros virão e também vão passar. Devemos desfrutá-los intensamente, mas isso não impede que se tornem história. Por outro lado, assim como passam os bons momentos que vivemos, também passam as experiências amargas, provações, tristezas e frustrações. Felizmente!

Diz o ditado popular: “Não há bem que sempre dure, nem mal que não se cure”. Assim como a tormenta dá lugar à bonança, ao pranto segue-se o riso, à tristeza segue-se a alegria. O triunfo substitui o infortúnio. A angústia não é perene. A noite escura da culpa é sucedida pela paz decorrente do perdão. As provações antecipam vitórias e compensações. Deus está no controle de tudo e nos conduz em segurança.

Um dia, o último inimigo será derrotado, a noite do pecado se desvanecerá para sempre, e o dia eterno raiará. Enquanto esse dia não chega, ao longo de nossa jornada terrestre, sempre experimentaremos noites de pranto e dias de riso. Mas o Senhor está atento a cada lágrima vertida. Sua providência está a nosso favor. Não desanimemos!
Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Deus Ciumento?

MEDITAÇÃO DIÁRIA 26 de setembro Deus Ciumento? Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que Ele fez habitar...