quarta-feira, 29 de abril de 2020

INSISTA, PERSISTA

MEDITAÇÃO DIÁRIA
29 de abril
“Insista, persista”

Bem sei que tudo podes, e nenhum dos Teus planos pode ser frustrado. Jó 42:2

Seguramente você completou a frase que é título desta reflexão com as palavras: “e não desista”. De fato, trata-se de um ótimo lema com que tentamos impulsionar alguém, ou somos impulsionados, a perseverar em busca da realização de projetos pessoais. Sempre estamos sonhando e planejando ser, ter ou conquistar alguma coisa. Isso parece mover a vida. Mesmo já não havendo o mesmo vigor físico e intelectual dos “anos dourados” da existência, quando se costuma estabelecer metas ousadas, ainda assim o mínimo que se pode planejar é tornar cada dia da “fase de prata” o melhor possível. Nisso é sábio insistir, perseverar e não desistir.

No entanto, uma pergunta se impõe: Insistir, persistir e não desistir é tudo o que precisamos para realizar nossos planos? Quero sugerir que nossos ideais e o esforço empreendido para alcançá-los estejam sempre na dependência de um pressuposto: a vontade de Deus. De acordo com o sábio, “o coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor” (Pv 16:1). O caminho da submissão a Deus é a rota infalível que nos levará a experimentar o melhor da vida. “‘Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, plano de dar-lhes esperança e um futuro’” (Jr 29:11, NVI).

É certo que nem sempre nossos planos coincidirão com os de Deus, mas os Dele serão sempre os melhores. Ainda que eles não sejam concretizados, isso faz parte do plano superior que Ele tem para nossa felicidade eterna.

Nenhum de nós andou, e jamais andará, no caminho trilhado por Jó. Nos momentos de perda maior, o patriarca tinha nos lábios uma expressão de louvor: “Bendito seja o nome do Senhor!” (Jó 1:21), e de lealdade inabalável: “Embora Ele me mate, ainda assim esperarei Nele” (13:15, NVI). Restaurada sua condição, Jó reconheceu a excelência do plano divino: “Nenhum dos Teus planos pode ser frustrado” (Jó 42:2). Note que ele não disse “nenhum dos meus planos”, mas se referiu aos planos de Deus. É isso que devemos ter sempre em mente e, quem sabe, fazer nossas as palavras do belo cântico composto por Gilberto Apolinário e Ruth Theodora e interpretado por Iveline: “E dos meus sonhos, por fim eu desisti, quando Teus planos compreendi. Hoje, meu sonho, Senhor, meu maior sonho é que sonhes por mim.”

Deixe seus planos nas mãos de Deus. Melhor ainda: Que Ele sonhe e realize por você!

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Deus Ciumento?

MEDITAÇÃO DIÁRIA 26 de setembro Deus Ciumento? Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que Ele fez habitar...