terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Desacelere!

MEDITAÇÃO DIÁRIA

25 de fevereiro
Desacelere!

Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus. Salmo 46:10

Um novo dia sempre traz novas esperanças e expectativas; às vezes, misturadas com a lembrança de problemas não resolvidos ontem e a certeza de novos desafios e dificuldades. O inimigo estará sempre à espreita, procurando uma oportunidade para atacar. A isso, acrescente-se os itens do cotidiano cardápio de adversidades: insegurança generalizada, instabilidade econômica, relacionamentos difíceis, exigências no trabalho, pressões da vida e tantas outras coisas. Para muitos, isso representa uma considerável carga de estresse. Mas não precisamos desanimar.

No Salmo 46, vemos que Deus é para nós um refúgio seguro contra os males da vida. Esse é conhecido como “o salmo de Lutero”, que, em momentos de dificuldades, costumava convidar seu amigo Phillip Melânchton para cantá-lo. A partir do salmo, o reformador foi inspirado a compor o hino “Castelo Forte” (Hinário Adventista do Sétimo Dia, no 33).

Muitos estudiosos acreditam que esse salmo foi escrito depois da intervenção divina contra Senaqueribe, rei da Assíria, em sua tentativa de destruir o povo de Deus nos dias de Ezequias. Pouquíssimo tempo antes de o ataque ser desferido, uma misteriosa praga dizimou 185 mil soldados no arraial inimigo (Is 37:36, 37). Debate teológico à parte, o evento pelo menos é uma oportuna ilustração do infalível socorro de Deus dispensado a Seu povo.

Diante do poder de Deus se dissipam os temores. O Senhor é aquele a quem podemos ir em busca de proteção e de quem podemos receber forças nas provações. Não há inimigo que prevaleça contra aquele que Nele se abriga. A certeza de que Deus conhece todas as nossas necessidades e os motivos pelos quais julgamos ter necessidade de alguma coisa nos leva a desacelerar na corrida cotidiana. É certo que Ele tem mil formas de suprir cada uma dessas necessidades, assim como pode nos sustentar contra quaisquer investidas de Satanás e seus exércitos.

O convite do verso de hoje implica que devemos nos entregar, desistir de lutar sob desespero, irracionalmente, como se tudo dependesse apenas de nossos limitados esforços. Uma paráfrase do verso diz o seguinte: “Silêncio! Abandonem sua agitação e reconheçam que Eu sou Deus.” Então, desacelere! Confie e vá à luta!

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos

Nenhum comentário:

Prioridades Invertidas

MEDITAÇÃO DIÁRIA 19 de setembro Prioridades Invertidas Pois o amor de Cristo nos constrange. 2 Coríntios 5:14 Em nosso cotidiano, ...