Translate

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

“TUDO TE DAREI”

MEDITAÇÃO DIÁRIA

16 de janeiro
“TUDO TE DAREI”

Levou-O ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-Lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e Lhe disse: Tudo isto Te darei se, prostrado, me adorares. Mateus 4:8, 9

Quer estejamos envolvidos na corrida em busca de realizações materiais, sociais ou intelectuais, o anseio por conquistas reside no íntimo de todos nós. É algo natural, implantado por Deus, e não é pecado empregar o melhor de nossos talentos e habilidades em busca da satisfação desse desejo.

Há, porém, perigos em relação aos quais precisamos ficar atentos. Por exemplo: Qual é o propósito de nossas realizações materiais, sociais ou intelectuais? Que métodos estamos utilizando ao buscá-las? Quando empreendida com motivações egoístas, a correria por conquistas acaba levando o ser humano a atalhos perigosos, como o que Satanás propôs a Cristo na terceira tentação. Foi como se o inimigo Lhe dissesse: “Você veio conquistar o mundo. Está aqui com esse propósito. Mas o caminho será extremamente difícil. Haverá rejeição, sofrimento, dor, morte e cruz. Eu tenho um atalho que facilitará as coisas: prostre-Se diante de mim e me adore.” Contudo, esse não era o plano de Deus, e Cristo jamais faria isso. Enfrentou rejeição, sofrimento, dor, morte, cruz e sepultura, mas não cedeu.

É justamente no anseio por conquistas que muitos escolhem atalhos perigosos: corrompem ou se deixam corromper; fraudam exames, mentem, agem desonestamente, “puxam o tapete” de alguém, desviando-se do caminho árduo e trabalhoso que leva a conquistas dignas e abençoadas por Deus.

Dentro da submissão à Sua vontade e a Seu plano para nós, bem como da obediência aos princípios cristãos de conduta, o Senhor não impôs limites a nosso desejo de conquista. Oportunidades se abrirão para nós neste dia. Mas tenha cuidado! Em cada uma delas, Satanás estará à espreita.

 “Essa luta se repete em cada coração. […] As sedutoras sugestões a que Cristo resistiu são as mesmas que achamos tão difícil vencer. […] Cristo suportou a prova quanto ao apetite, amor ao mundo e à ostentação que induz à soberba” (Ellen White, O Desejado de Todas as Nações, p. 116). Com Sua ajuda, também podemos vencer. “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar” (1Co 10:13).

Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis