Translate

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

O Espírito de Verdadeiro Heroísmo

A Fé Pela Qual Eu Vivo
6 de novembro
O Espírito de Verdadeiro Heroísmo


Porque o Senhor Jeová me ajuda, pelo que me não confundo; por isso, pus o rosto como um seixo e sei que não serei confundido. Isa. 50:7.

A fortaleza de caráter consiste em duas coisas – força de vontade, e domínio de si mesmo. Muito jovem confunde paixão forte, desenfreada, com fortaleza de caráter; o fato, porém, é que aquele que é dominado pelas paixões é um homem fraco. A genuína grandeza e nobreza do homem, mede-se pela força dos sentimentos que ele subjuga, não pela dos que o dominam. O homem mais forte é aquele que, embora sensível aos maus tratos, ainda refreia a paixão e perdoa aos inimigos. Tais homens são verdadeiros heróis. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 602.

O exemplo de uma pessoa enérgica é de grande alcance; exerce poder eletrizante sobre outros. Enfrenta obstáculos em seu trabalho; mas há nele dinamismo e, em vez de permitir que seu caminho seja obstruído, arrasa todas as barreiras. …

Há espinhos em todo o caminho. Todos os que seguem o conselho divino devem esperar que se lhes deparem decepções, cruzes e prejuízos. Mas o espírito do verdadeiro heroísmo os ajudará a vencer essas coisas. Muitos exaltam demais dificuldades aparentes, começam a apiedar-se de si mesmos e dão motivo ao abatimento. Essas pessoas necessitam de uma mudança radical em si próprias. Necessitam de disciplinar-se a exercer ação vigorosa, e vencer todo sentimento infantil. Devem decidir que a vida não pode ser gasta em coisas de pouca monta. Que se proponham a realizar alguma coisa, e fazê-la. Muitos fazem bons propósitos, mas estão sempre para fazer alguma coisa, mas nunca a executam. Quase todos os seus propósitos consistem só em palavras. …

Todos devem ter um alvo, um objetivo na vida. Devem cingir os lombos da mente, e os pensamentos devem ser educados na direção do alvo, como a bússola na direção do pólo. … Dignos propósitos devem-se ter constantemente em vista, e todo pensamento e obra devem ser levados à execução. Que haja sempre firmeza de propósito para se executar o que se planejou. Review and Herald, 6 de abril de 1886.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 316

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis