Translate

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Alguma Coisa Melhor!

A Fé Pela Qual Eu Vivo
19 de agosto  
Alguma Coisa  Melhor!

Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que Ele está à minha mão direita, nunca vacilarei. Sal. 16:8.


Cristo oferece, em lugar do que quer que nos ordene renunciar, algo melhor. Muitas vezes os jovens anelam objetos, realizações e prazeres que podem não parecer males, mas que deixam de ser o mais elevado bem. Desviam a vida de seu mais nobre objetivo. Educação, págs. 296 e 297.


Nunca permitais que as diversões, ou a companhia de outros se interponham entre vós e Jesus – vosso melhor Amigo. … Quando a inclinação natural vos impele no sentido de satisfazer algum desejo egoísta, ponde o Senhor diante de vós como vosso conselheiro, e perguntai: “Isto agrada a Jesus? Aumentará meu amor pelo meu melhor Amigo? Este procedimento magoará meu amado Salvador? Ou separar-me-á de Sua companhia? Poderá Jesus acompanhar-me à reunião social onde todos são frívolos e desenvoltos, onde nada haverá de natureza religiosa, nada sério, nenhum pensamento das coisas de Deus?” The Youth’s Instructor, 19 de julho de 1894.


Os cristãos têm ao seu dispor muitas fontes de felicidade, e podem dizer com infalível certeza quais são os prazeres lícitos e corretos. Podem desfrutar de recreações que não dissipem a mente ou aviltem a alma, não iludam nem deixem após si triste influência que destrua o respeito próprio ou impeça o caminho da utilidade. Caso possam levar consigo a Jesus e manter-se em espírito de oração, estão perfeitamente seguros. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 84.


Uma mente esclarecida e perspicaz encontrará abundantes meios de entretenimentos e diversão nas fontes não só inocentes, mas instrutivas. Conselhos Sobre Saúde, pág. 198.


Em todos os nossos períodos de recreação, podemos tirar da divina Fonte de energia novo ânimo e força, a fim de sermos mais bem-sucedidos em elevar a vida à pureza, à verdadeira bondade e à santidade. Mensagens aos Jovens, pág. 364.


Os que se deleitam realmente no amor de Deus terão alegria e paz. A religião jamais teve o desígnio de tornar alguém desprovido de alegria. Que pode produzir maior felicidade do que sentir a paz de Cristo, o brilhante resplendor de Sua presença? Carta 10, 1890.


Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959– Pág. 237
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis