Translate

sexta-feira, 7 de junho de 2019

A Fonte de Toda a Vida

A fé pela qual eu vivo

7 de junho
A Fonte de Toda a Vida


Porque em Ti está o manancial da vida; na Tua luz veremos a luz. Sal. 36:9.

Todos os seres criados vivem pela vontade e poder de Deus. São subordinados recipientes da vida de Deus. Do mais alto serafim ao mais humilde dos seres animados, todos são providos da Fonte da vida. O Desejado de Todas as Nações, pág. 785.

Os jovens necessitam compreender a profunda verdade que constitui a base da declaração bíblica de que em Deus está “o manancial da vida”. Sal. 36:9. … É pela Sua vida que existimos, hora após hora, momento após momento. A menos que estejam pervertidos pelo pecado, todos os Seus dons tendem a dar vida, saúde e alegria. Educação, págs. 197 e 198.

Uma vida misteriosa invade toda a natureza – vida que sustenta os inumeráveis mundos através da imensidade toda. Encontra-se ela no ser microscópico que flutua na brisa do verão; é ela que dirige o vôo das andorinhas, e alimenta as pipilantes avezinhas de rapina; é ela que faz com que os botões floresçam, e as flores frutifiquem.

O mesmo poder que mantém a natureza opera também no homem. … As leis que presidem à ação do coração, regulando o fluxo da corrente da vida no corpo são as leis da Inteligência Todo-poderosa, as quais presidem às funções da alma. DEle procede toda a vida. Unicamente em harmonia com Ele poderá ser achada a verdadeira esfera daquelas funções. Para todas as coisas de Sua criação, a condição é a mesma: uma vida que se mantém pela recepção da vida de Deus, uma vida exercida de acordo com a vontade do Criador. Transgredir Sua lei, física, mental ou moral, corresponde a colocar-se o transgressor fora da harmonia do Universo …

Para aquele que assim aprende a interpretar seus ensinos, toda a natureza se ilumina; o mundo é um livro, e a vida uma escola. A unidade do homem com a natureza e com Deus, o domínio universal da lei, os resultados da transgressão, não podem deixar de impressionar o espírito e moldar o caráter. Educação, págs. 99 e 100.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959– Pág. 164
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis