Translate

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Noé Pregou com Veemência

Refletindo a Cristo

Noé Pregou com Veemência-5 de novembro

Assim fez Noé, consoante a tudo o que Deus lhe ordenara. Gên. 6:22.

As palavras que haviam sido ditas a Adão foram repetidas (por Noé), de que o pecado e Satanás não triunfariam sempre. Os que temessem a Deus deveriam obter a vitória. Quando alçou sua voz em advertência do juízo que Deus estava para trazer ao mundo, em conseqüência da impiedade humana, manifestou-se grande oposição contra as palavras do mensageiro. A oposição, entretanto, não foi mundial, pois alguns acreditaram na mensagem de Noé, e zelosamente repetiram a advertência.

Mas foram procurados homens que eram tidos por sábios, e estes foram solicitados a apresentar argumentos através dos quais a mensagem de Noé pudesse ser contrariada. E como o mundo estava em paz, e não em guerra com o príncipe do mal, eles se satisfizeram com qualquer desculpa para deixar de lado o “assim diz o Senhor” e ouvir os filósofos da época, os quais apresentaram a impossibilidade de ocorrer tal coisa nas forças da natureza, conforme Noé predizia. Não há inimizade entre homens caídos e anjos caídos; ambos são maus através da apostasia, e o mal, onde quer que exista, se acha aliado contra Deus. Homens e anjos caídos estavam unidos para destronar a Deus.

E assim foi que homens sábios do mundo falaram de ciência e de leis imutáveis da natureza, declarando que não poderia haver variação nessas leis, e que a mensagem de Noé não teria possibilidade de ser verdadeira. Os homens talentosos do tempo de Noé se arregimentaram contra a vontade e o propósito de Deus, e zombaram da mensagem e do mensageiro que Ele havia enviado. … Noé não podia contradizer suas filosofias ou refutar as afirmações da assim chamada ciência; mas podia proclamar a palavra de Deus, pois sabia que ela continha a infinita sabedoria do Criador, e, ao apregoá-la por todas as partes, ela em nada perdeu sua força e realidade pelo fato de os homens do mundo o ridicularizarem e desprezarem.

Noé não misturou os brandos e deleitosos enganos de Satanás com a sua mensagem. Ele não expressou os sentimentos de muitos contemporâneos, os quais declaravam que Deus era demasiado misericordioso para fazer uma coisa tão terrível. Muitos afirmaram que Deus concederia aos ímpios outro período de graça; mas Noé não condescendeu com eles sequer na mais remota esperança de que os que negligenciassem a presente oportunidade, os que rejeitassem a presente mensagem, seriam favorecidos com outra oportunidade de salvação. … Ele conhecia o poder de Deus, e sabia que Deus cumpriria Sua palavra. Seu temor de Deus não o separou de Deus, mas serviu para atraí-lo para mais perto dEle, e para levá-lo a derramar o coração em ardente súplica. Signs of the Times, 18 de abril de 1895.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo– Pág. 315
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis