Translate

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Cultivar Bons Hábitos de Linguagem

Refletindo a Cristo

Cultivar Bons Hábitos de Linguagem - 25 de setembro

A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um. Col. 4:6.
É obrigação dos pais inculcar nos filhos bons hábitos de linguagem. A melhor escola para esse fim é a vida doméstica. Desde os primeiros anos deve a criança ser ensinada a falar respeitosamente e com amor, a seus pais e aos outros. Ensinar-se-lhe-á que somente palavras gentis, verdadeiras e puras lhe devem sair dos lábios. Os pais mesmos devem estudar diariamente na escola de Cristo. Assim poderão ensinar aos filhos, por preceito e exemplo, o uso da “linguagem sadia e irrepreensível”. Tito 2:8. Esse é um de seus maiores deveres e da maior responsabilidade. Parábolas de Jesus, págs. 337 e 338.

O dom da palavra é um talento que deve ser cultivado cuidadosamente. De todos os dons que recebemos de Deus, nenhum é capaz de se tornar maior bênção que este. Com a voz convencemos e persuadimos, com ela elevamos orações e louvores a Deus, e também falamos a outros do amor do Redentor. Que importância tem, pois, que seja bem educada a fim de tornar-se mais eficaz para o bem! …

Por esforço diligente todos podem adquirir a capacidade de ler inteligivelmente e falar em tom claro e sonoro, e de maneira distinta e impressiva. Fazendo isso podemos desenvolver grandemente nossa eficiência como obreiros de Cristo.

Cada cristão é chamado para anunciar a outros as inescrutáveis riquezas de Cristo. …

A cultura e uso convenientes do dom da palavra relacionam-se com todos os ramos da obra cristã; penetra na vida familiar e em todo intercâmbio mútuo. Devemos acostumar-nos a falar em tom agradável, usando linguagem pura e correta, com palavras amáveis e corteses. Palavras suaves e bondosas são para o espírito como o orvalho e a chuva branda. A Escritura diz de Cristo, que havia em Seus lábios uma graça tal que sabia “dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado”. Isa. 50:4. E o Senhor nos manda: “A vossa palavra seja sempre agradável” (Col. 4:6), “para que dê graça aos que a ouvem”. Efés. 4:29.

Procurando corrigir ou reformar a outros devemos ter cuidado com nossas palavras. … Todos os que quiserem advogar os princípios da verdade precisarão receber o celeste óleo do amor. Sob todas as circunstâncias, a censura deve ser expressa com amor. Então nossas palavras reformarão e não hão de exasperar. Cristo pelo Espírito Santo suprirá o poder necessário. Essa é Sua obra. Parábolas de Jesus, págs. 335-337.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis