Translate

domingo, 19 de agosto de 2018

Hebreus 3

Hebreus 2 
Comentários Pr Heber Toth Armí

 O Cristo que muitos creem, seguem e pregam pode não ser o Cristo apresentado nas páginas de Hebreus – livro que visa fornecer informações que completa o que já foi revelado nos evangelhos. 

Portanto, vale a pena estudar os treze capítulos desse livro a fim de obter informações relevantes, complementares e exclusivas sobre Jesus. A Palavra de Deus não pode ser ignorada; senão, nossa vida será prejudicada.

Warren W. Wiersbe divide o livro em três partes:

• Uma pessoa superior: Cristo (1-6)
• Um sacerdócio superior: Cristo e Melquisedeque (7-10)
• Um princípio superior: fé (11-13).

A primeira parte possui sete pontos que merecem nossa consideração:

1. Cristo comparado com os profetas (1:1-3);
2. Cristo comparado com os anjos (1:4-2:18);
3. Exortação: Não nos afastemos da Palavra (2:1-4);
4. Cristo comparado com Moisés (3:1-4:13);
5. Exortação: Não duvidemos da Palavra (3:7-4:13);
6. Cristo comparado com Arão (4:14-6:20);
7. Exortação: Não nos tornemos insensíveis à Palavra (5:11-6:20).

Desprovidos da Palavra de Deus, certamente estaremos fadados ao erro. E nada é mais errado do que crer num Jesus imaginado ou inventado pela mente humana, que não foi revelado na Palavra. Reflita, agora, nos pontos do segundo capítulo:

• O crente que não tem tempo para estudar a Palavra de Deus está provocando a deterioração de sua fé, arruinando sua espiritualidade e bloqueando seu relacionamento com Cristo (vs. 1-2).
• Aqueles que negligenciam a Palavra de Deus certamente terão que lidar com Sua disciplina e Seu juízo (vs. 3-4).
• Jesus, sendo divino, encarnou-Se, tornand0-Se humano para vencer o pecado, a morte e o diabo, visando que, o pecador condenado, possa ser justificado, absolvido e santificado (vs. 5-18).

Porquanto, “esquecemo-nos de que Jesus, a Majestade do Céu, sofreu sendo tentado? Jesus não permitiu que o inimigo O puxasse para dentro do lamaçal da incredulidade, ou que O empurrasse para o lado do desânimo e do desespero. Muitas pessoas, porém, são fracas em poder moral porque não praticam as palavras de Cristo” (Ellen G. White).

Tudo o que Jesus sofreu, foi para tornar-nos vitoriosos. A nossa derrota deveria ter como única justificativa nosso distanciamento de nosso poderoso Salvador, não nossa carnalidade ou a força e habilidade do diabo.

Devemos nos fortalecer diariamente através do estudo incessante da Palavra de Deus! Precisamos reavivar-nos urgentemente! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis