domingo, 7 de agosto de 2016

II Crônicas 25 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

II Crônicas 25

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Tal pai tal filho. Os filhos sempre seguem o exemplo do pai, sejam exemplos bons ou maus, positivos ou negativos. Os filhos, muitas vezes, são cópias dos pais, inclusive na questão religiosa. O autor de Crônicas deixa isso transparecer ao descrever Joás (avô), Amazias (pai) e Uzias (filho); todos eles têm o mesmo começo e o mesmo fim espiritual, o filho não aprende com o erro dos pais, aprende o erro deles. Em II Crônicas 26:1-5 Uzias revela-se um rei piedoso, consagrado e dedicado a Deus; consequentemente recebeu muitas bênçãos do Céu. Depois, as bênçãos de Deus tornaram-se pedras de tropeço para ele. Devemos aprender a sempre depender de Deus. Nada neste mundo deve nos fazer tirar o foco das coisas espirituais. Devemos fazer o que é reto, sem nunca desviar-se nem para a esquerda e nem para a direita. A perseverança é a marca dos salvos em Apocalipse 14:12. A infidelidade acaba com tudo aquilo que a fidelidade conquistou e faz perder a vida eterna, a salvação. Como diz um provérbio judaico: "Para os ignorantes, a velhice é o inverno da vida; mas, para os sábios, é a colheita". Seja sábio em tua vida para que teu futuro seja uma colheita de alegria, felicidade, realizações que encham o coração de satisfação. Lembrando que a verdadeira sabedoria vem de Deus (Tiago 1:5). Com sabedoria, quebre a sequência de erros familiares! Não cometa os erros de teu pai! Faça sempre a vontade de Deus para que teu futuro valha a pena!

Começar bem é um bom começo, mas terminar mal depois de ter começado bem é o pior tipo de fracasso! O teu sucesso ou o teu fracasso em qualquer área da vida depende do teu compromisso com Deus, não no futuro, mas de agora. O egoísmo é o berço de todo pecado. É a base do orgulho e da arrogância. É o que motiva o EU ocupar o lugar que só Deus deve ocupar no coração e na vida. Assim, depois de receber tantas bênçãos de Deus, Uzias se engrandeceu confiando em seu próprio poder, ignorando os princípios de Deus. Os reis das nações vizinhas de Israel tinham a intenção de se declararem divinos, e essa era uma tentação aos reis de Israel, por isso Uzias desempenhou funções sacerdotais. Quem se afasta de Deus e recua para a incredulidade de Suas regras caminha para a soberba que tirou Lúcifer do Céu. Quem colocar o EU no lugar de Deus, perde o prazer que Deus tinha do Seu servo fiel. O desprazer de Deus é revelado no sofrimento permitido àquele que O despreza. A lepra em Uzias foi um sinal de tristeza da parte de Deus. Assim, enquanto alguém que fora fiel permanecer sob o poder contínuo do orgulho, cairá cada vez mais em piores pecados que ameaçam a vida, destrói o que se construiu e separa de Deus para sempre. Leia II Crônicas 26 e cuide para não se afastar de Deus nunca, não vale a pena, pois anula tudo o que você recebeu em tempos de fidelidade. Preserve o que você já tem sendo sempre fiel Àquele que é dono de tudo e compartilha com você o que é dEle!

Não se perca no caminho depois de ter achado o caminho certo. Como isso é possível, tome muito cuidado. Isso acontece com qualquer pessoa, seja rei, líder religioso, rico, pobre, homem, mulher, jovem ou adulto e pode acontecer até com você. Quando o rei Uzias foi fiel tornou-se um fortificador, reconstrutor de cidades; além disso, fez grandes avanços agrícolas adquirindo muito gado, fazendas e vinhas; e ainda era um grande guerreiro, sendo bem sucedido em batalhas contra os filisteus, os árabes e os meunitas, tendo um grande exército de 305.500 soldados de elite com homens que tinham armaduras e armas que lançavam flechas e pedras gigantes (II Crônicas 1:1-15). Infelizmente o fim de sua vida não foi glorioso quando o início, a arrogância e orgulho adquiridos no caminho da vida o levou à desgraça (vs. 16-23). Aprendamos a nunca abandonar a atuação da graça renovadora. Como diz John Owen, "A indisposição moral que habita no íntimo torna-se rebelde e teimosa por ter desfrutado conforto e tranquilidade". O profeta Azarias, destemidamente confronta o rei e o condena por sua atitude pecaminosa, o qual, furioso e impenitente foi acometido de lepra. Então, ele foi forçado a viver em isolamento até a sua morte. Assim, quem, em lugar de enaltecer o nome de Deus por tudo o que Ele fez enaltece a si mesmo, descamba para a destruição; mas quem vive para exaltar a Deus, será recompensado grandemente. Exalte o que Deus fez em tua vida e viva feliz e realizado sempre!
– Heber Toth Armí / #rpsp #rbhw #ebiblico



Nenhum comentário:

HONRA DE DEUS OU DO HOMEM?

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 18 de junho, sexta HONRA DE DEUS OU DO HOMEM? Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros e, contudo, não...